01:23 21 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Dia Internacional da Recordação do Holocausto no Museu Judaico de Moscou. (Arquivo)

    Varsóvia abole pena por acusar a Polônica de cumplicidade no holocausto

    © AFP 2018 / VASILY MAXIMOV
    Europa
    URL curta
    321

    Pena de até três anos de prisão por acusações contra a Polônia e seu povo na cumplicidade do Holocausto será abolida a partir de 17 de julho.

    As emendas foram publicadas pelo diário oficial e entrarão em vigor após 14 dias de seu lançamento oficial, em 17 de julho.

    Ambas as câmaras do Parlamento polonês aprovaram as emendas na quarta-feira, excluindo a penalidade criminal da controversa lei. O presidente polonês Andrzej Duda sancionou o projeto no mesmo dia.

    O controverso projeto de lei, aprovado em 1º de março, provocou tensões diplomáticas com Israel, Ucrânia e Estados Unidos. Tel-Aviv, em particular, temia que a lei pudesse desencadear o julgamento de sobreviventes do Holocausto se eles testemunhassem contra poloneses individuais que supostamente mataram ou entregaram judeus aos nazistas.

    Por sua vez, Varsóvia considerou o projeto de lei como uma forma de proteger os poloneses de falsas acusações de cumplicidade no Holocausto.

    Tanto os Estados Unidos quanto Israel receberam bem a decisão da Polônia de abolir a punição criminal na semana passada.

    Tags:
    Holocausto, Parlamento da Polônia, Andrzej Duda, Estados Unidos, Ucrânia, Israel, Tel-Aviv
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik