00:34 19 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Presidente russo, Vladimir Putin, dirige um caminhão durante a inauguração da Ponte da Crimeia

    Trump não descarta reconhecer Crimeia como parte da Rússia

    © Sputnik / Grigory Sysoev
    Europa
    URL curta
    891

    O presidente dos EUA, Donald Trump, não descartou a possibilidade de considerar Crimeia como parte integrante da Rússia, segundo jornalistas presentes em seu briefing na Casa Branca.

    "Veremos", disse Trump ao ser perguntado por jornalistas se a admissão da reunificação da Crimeia com a Rússia seria uma possibilidade.

    O chefe de Estado respondeu de forma análoga quando foi perguntado sobre a viabilidade de retirar as sanções contra Moscou. "Vamos ver o que a Rússia está fazendo sobre isso", declarou Trump.

    Mais cedo, o presidente dos EUA prometeu abordar a suposta "interferência russa" nas eleições norte-americanas durante sua reunião com o presidente da Rússia, Vladimir Putin.

    O excêntrico líder norte-americano também prometeu discutir a situação dos conflitos na Síria e na Ucrânia com seu homologo russo.

    A reunião de Putin e Trump deve ser realizada no dia 16 de julho, em Helsinque, capital da Finlândia.

    A Crimeia se reintegrou à Rússia em 2014, após um referendo, com mais de 90% de apoio por parte de sua população. No entanto, Kiev ainda considera a península como território ucraniano.

    As autoridades russas ressaltaram inúmeras vezes que a reunificação ocorreu de forma legal, de acordo com as leis internacionais.

    Mais:

    Trump espera que encontro com Putin contribua para aumento da segurança global
    Putin e Trump terão encontro em Helsinque em 16 de julho
    Ucrânia realiza treinamentos militares perto da Crimeia
    Agência estadunidense Bloomberg publica mapa com Crimeia 'neutra' indignando Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik