08:06 22 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Avião da OTAN efetuando um voo de reconhecimento sobre as águas neutrais do mar Báltico

    'Pressão de força': para que EUA modernizam aeródromos soviéticos na Europa?

    © REUTERS / Wolfgang Rattay
    Europa
    URL curta
    350

    Várias mídias norte-americanas comunicaram que em 2019, a Casa Branca destinará U$ 828 milhões (R$ 3,1 bilhões) para conter a Rússia.

    Prevê-se que uma parte destes recursos seja gasta com a modernização de aeródromos a fim de organizar uma densa rede se baseamento de aviões norte-americanos perto das fronteiras russas na Europa. 

    Segundo o analista militar Yuri Knutov, entrevistado pelo ao canal russo RT, os EUA estão reparando os aeródromos na Europa Leste construídos na época soviética a fim de conter a Rússia.

    De acordo com ele, os EUA estão cientes dos problemas no que se refere à prontidão de combate dos exércitos europeus, e esperam reforçar as capacidades da aviação militar e de transporte. Com este objetivo, o Pentágono vem modernizando os aeródromos perto das fronteiras russas. Enquanto isso, o especialista assinalou que a hostilidade de Washington em relação a Moscou não pode ser logicamente explicada. 

    "Trata-se de um ato de pressão de força contra nosso país. O programa dos norte-americanos parece completamente inadequado frente à situação militar e política atual. A invasão russa de um dos países da aliança é uma loucura e fantasia que não pode ser logicamente explicada até mesmo no Ocidente. Entretanto, os EUA estão se aproximando da fronteira da Federação da Rússia usando este motivo", assinalou Knutov.

    O analista disse ter a certeza de que os EUA provocariam uma nova corrida armamentista, o que contradiz os planos russos. Contudo, de acordo com ele, Moscou poderia dar uma forte resposta às ações de Washington na Europa. 

    Mais:

    Exercícios aéreos da OTAN começam nos países do Báltico
    Concorrente da OTAN? 9 países europeus assinarão plano de defesa da UE
    Força de defesa europeia: cópia da OTAN destinada ao fracasso?
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik