19:10 15 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Primeiro ministro da Grécia Alexis Tsipras

    Premiê da Grécia sobrevive a tentativa de destituição do Parlamento

    © REUTERS / Alkis Konstantinidis
    Europa
    URL curta
    153

    O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, sobreviveu uma moção de desconfiança no Parlamento neste sábado (16), abrindo espaço para um histórico acordo com a vizinha Macedônia.

    A moção apresentada pelo partido da oposição Nova Democracia foi rejeitada por 153 deputados, com 127 a favor. Os oponentes políticos acusaram Tsipras de fazer concessões demais sobre o acordo, que deve ser assinado no domingo.

    Milhares de gregos protestaram do lado de fora do Parlamento contra o acordo com a Macedônia, pedindo a renúncia de Tsipras. A polícia usou bombas de efeito moral e gás lacrimogêneo para impedir que entrassem no prédio. "Esse é um acordo que acredito que todo primeiro-ministro grego desejaria", disse Tsipras.

    Caso tivesse perdido a votação no Parlamento, o premiê eleito em 2015 teria que renunciar ao seu mandato para o presidente do país e convocar eleições antecipadas. Ele já está atrás da Nova Democracia, de centro-direita, nas pesquisas de opinião.

    A Grécia estava em disputa com a Macedônia desde 1991 pelo nome do país criado após a dissolução da Iugoslávia, argumentando que isso poderia implicar reivindicações territoriais sobre a província grega da Macedônia e uma apropriação da cultura e da civilização gregas antigas.

    O assunto é profundamente emocional para muitos gregos. No sábado, manifestantes do lado de fora do prédio do Parlamento tinham o grito de "traidor, traidor!".

    "Estou apenas furioso", disse Theologos Ambotis, 69, um monge. "Conceder ao nome significa ceder em território. Macedônia e Alexandre, o Grande, são história e cultura gregas."

    Sob os termos do acordo, o país será conhecido como "República da Macedônia do Norte" e a Grécia levantará suas objeções à renomeada nação que deverá, então, entrar para a União Europeia.

    Mais:

    Após resolver pendência diplomática histórica com Macedônia, Grécia mira Chipre e Albânia
    Contra que país OTAN estaria posicionando armas nucleares na Grécia?
    Tensão: Turquia acusa Grécia de provocação no mar Egeu e promete resposta
    Grécia se recusa a participar de ataque à Síria
    Guardas de fronteira da Grécia atiram contra helicóptero da Turquia
    Tags:
    Alexis Tsipras, Grécia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik