04:11 19 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Mamoudou Gassama foi recebido pelo presidente francês Emmanuel Macron

    'Homem-Aranha francês' revela detalhes do resgate de criança de 4 anos em Paris

    © REUTERS / Thibault Camus
    Europa
    URL curta
    3132

    O imigrante de Mali que virou herói disse que não pensava em ser corajoso ou fracassar enquanto subia quatro andares para salvar um menino de 4 anos que estava pendurado em uma varanda em Paris, na França. Sua única preocupação era com a criança, ele afirmou.

    Mamoudou Gassama virou notícia no mundo todo depois que um vídeo viralizou, no qual ele aparecia resgatando um menino de 4 anos que estava em perigo.

    O africano, que era um imigrante em situação irregular em Paris, imediatamente entrou em ação quando viu a criança aflita, escalando sem esforço as varandas. Assim que chegou ao topo, ele agarrou o menino com uma mão e o puxou para um local seguro.

    Gassama disse à rede France 24 que estava com a namorada quando viu uma criança no quarto andar pendurada em uma sacada.

    "Eu não estava pensando em ser corajoso. Eu apenas fiz o que tinha que fazer. Eu tive que salvá-lo", declarou.

    Quando o jovem de 22 anos começou a escalar, isso lhe deu "mais coragem" ao subir, lembrou o homem que já foi apelidado de "Homem-Aranha Parisiense" nas redes sociais.

    Gassama disse que nunca pensou em falhar na sua missão de salvamento.

    "Eu pensei que seria capaz de ajudá-lo. Isso é tudo!", relembrou.

    Após o resgate que ocorreu na frente de espectadores horrorizados, ele admitiu que ficou impressionado com a repercussão.

    O presidente francês Emmanuel Macron conheceu o jovem herói na segunda-feira e ofereceu-lhe cidadania, dizendo que a França precisa de tais atos de heroísmo todos os dias.

    "A brigada de incêndio de Paris está pronta para recebê-lo", escreveu o líder francês no Twitter.

    Mais:

    Militantes lançam pré-candidatura de Lula no Brasil e na França
    Atiradores mascarados abrem fogo em cidade da França
    Jean-Luc Godard pede 'gentileza' da França com a Rússia
    Tags:
    Homem-Aranha, herói, imigrantes ilegais, salvamento, France 24, Emmanuel Macron, Mamoudou Gassama, Mali, Paris, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik