12:58 23 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Seguidores do presidente turco, Tayyip Erdogan, comemoram o fracasso do golpe de Estado na Ponte do Bósforo, em Istambul, Turquia 16 de julho de 2016

    Na Turquia, 106 pessoas são condenadas a prisão perpétua por tentativa de golpe

    © REUTERS / Yagiz Karahan
    Europa
    URL curta
    690

    Tribunais de Izmir e Gaziantep, na Turquia condenaram 106 pessoas à prisão perpétua, incluindo oficiais militares de alta patente devido a acusações de participação na tentativa de golpe de 2016, de acordo com informações da imprensa local nesta segunda-feira (21).

    Cerca de 104 dos 280 réus receberam penas de prisão perpétua em Izmir e 2 em Gaziantep, segundo o jornal Daily Sabah. Todos os réus foram expulsos do Exército logo após a tentativa de golpe, acrescentou o jornal.

    Em 15 de julho de 2016, uma tentativa de golpe militar na Turquia deixou mais de 240 pessoas mortas. Ancara acusou o clérigo islâmico Fethullah Gulen, que mora nos Estados Unidos desde 1999, além de seus seguidores de orquestrarem a tentativa. Gulen refutou as alegações.

    Após a fracassada tentativa de derrubar o governo, Ancara prendeu milhares de funcionários públicos, militares, educadores, ativistas e jornalistas por suspeita de ligação com Gulen.

    Mais:

    Boca suja: filho de Netanyahu publica ofensa à Turquia no Instagram (FOTO)
    Turquia prende 54 estrangeiros suspeitos de ligação com o Daesh
    Turquia pede que Estados muçulmanos revejam laços com Israel em meio à violência em Gaza
    Ministro turco elogia Teerã: Um Irã forte significa ter uma Turquia forte
    Tags:
    tentativa de golpe na Turquia, prisão, Fethullah Gulen, Ancara, Estados Unidos, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik