09:17 20 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Embaixador da Rússia em Portugal, Oleg Belous (foto de arquivo)

    Em Lisboa morre embaixador russo; conheça sua trajetória

    © Foto : Embaixada da Rússia em Lisboa
    Europa
    URL curta
    429

    O embaixador russo em Portugal, Oleg Belous, faleceu aos 66 anos na terça-feira (8) em Lisboa, comunicou o Ministério das Relações Exteriores da Rússia. Por enquanto, os motivos da morte do diplomata seguem desconhecidos.

    "O Ministério das Relações Exteriores da Rússia informa com muito pesar que no dia 8 de maio de 2018, em Lisboa, faleceu repentinamente o embaixador extraordinário e plenipotenciário da Federação da Rússia na República Portuguesa, Oleg Belous", lê-se no comunicado do ministério russo. 

    "Era um diplomata notável e profissional de altíssima qualificação, que deu grande contribuição pessoal para a criação da nova arquitetura europeia e para o estabelecimento das relações de parceria com França, Itália, Espanha, Portugal e outros países da Europa", acrescentou.

    Além disso, o Ministério das Relações Exteriores da Rússia expressou suas condolências aos familiares e amigos do diplomata, frisando que o embaixador russo sempre serviu e defendeu os interesses do país.

    Oleg Belous nasceu em 1951, formando-se no Instituto Estatal de Relações Internacionais de Moscou. Iniciou sua carreira diplomática em 1973 como embaixador extraordinário e plenipotenciário.

    Entre 1996 e 1998 foi diretor do departamento de colaboração europeia do ministério russo e de 1998 a 2001 trabalhou como representante permanente da Rússia na Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE). 

    Entre 2001 e 2013 foi diretor do primeiro departamento europeu do MRE russo. Posteriormente, assumiu cargo superior na embaixada da Rússia em Portugal.

    Oleg Belous foi condecorado com vários prêmios, inclusive com a Ordem de Honra.

    Tags:
    diplomata, embaixada russa, Portugal, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik