09:08 29 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    9140
    Nos siga no

    Ministros das Relações Exteriores da França, Alemanha e Reino Unido fizeram um comunicado conjunto, dizendo que a União Europeia manterá o acordo nuclear do Irã, já que isso é a melhor maneira de evitar a proliferação de armas nucleares.

    "Estamos determinados a manter este acordo, pois ele protege contra a não proliferação nuclear, sendo o caminho certo para impedir que o Irã desenvolva armas nucleares", disse aos jornalistas o chanceler francês, Jean-Yves Le Drian.

    Uma posição semelhante foi expressa pelo ministro das Relações Exteriores da Alemanha, Heiko Maas.

    "Continuamos acreditando que este acordo torna o mundo mais seguro", disse Maas durante uma coletiva de imprensa conjunta com seu homólogo francês, acrescentando que a França e Alemanha não veem nenhuma alternativa para "controlar e limitar o programa nuclear iraniano".

    O chanceler francês afirmou que ele e seus parceiros europeus estão aguardando a decisão dos EUA, mas estão "prontos a apoiar [o acordo] independente da decisão [de Washington]".

    A situação em torno do Plano de Ação Conjunto Global, também conhecido como acordo nuclear iraniano, agravou-se no último ano desde a eleição de Donald Trump como presidente dos EUA. Trump tem repetidamente ameaçado a retirar os EUA do acordo, se este não for alterado.

    Mais:

    Equipe de Trump contratou espiões para minar acordo nuclear do Irã, diz jornal
    Irã diz que 'haverá graves consequências' caso EUA quebrem acordo nuclear
    Com ou sem acordo, ex-ministro de Israel defende sanções contra o Irã
    Tags:
    acordo nuclear, Donald Trump, Irã, Reino Unido, Alemanha, EUA, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar