01:42 20 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Protestos na capital armênia de Erevan contra a nomeação de Serzh Sargsyan como primeiro-ministro do país

    Tensão na Armênia: Crise deve ser resolvida por vias constitucionais, diz presidente

    © Sputnik /
    Europa
    URL curta
    120

    A única maneira de resolver a atual crise política na Armênia é cumprir a Constituição do país, disse o presidente Armen Sarkissian neste domingo (29)

    "Há apenas um caminho — constitucional, e não há mais nenhum que não seja esse […]. Nós temos que respeitar a Constituição", afirmou o presidente armênio, Sarkissian, em uma entrevista à emissora bielorrussa,TV Ontário, divulgada neste domingo (29).

    Seu comentário vem em meio à atual crise política na Armênia, que veio à tona ainda no início deste mês após o ex-presidente do país, Serzh Sargsyan, ter sido apontado como novo primeiro-ministro.

    Essa nomeação foi vista pela oposição como uma tentativa de Sargsyan de manter o poder após seus dois mandatos presidenciais. Na segunda-feira (23), Sargsyan abriu mão do cargo e o primeiro vice-primeiro-ministro da Armênia, Karen Karapetyan assumiu a posição de primeiro-ministro em exercício.

    Já neste domingo (29), o líder da oposição na Armênia, Nikol Pashinyan, disse que gostaria de ver eleições parlamentares em até dois meses. Ele também prometeu discutir uma data para o pleito com outras forças políticas no país.

    Mais:

    Candidato do Partido Republicano no poder se torna presidente da Armênia
    Homem com faca ataca funcionários em um jardim de infância na Armênia
    Soldado russo mata colega e comete suicídio na Armênia
    China concederá ajuda militar de US$ 1,5 milhão à Armênia
    Turbulência no Cáucaso: Armênia quer comprar armas russas para combater Azerbaijão
    Armênia retoma ataques e deixa vítimas em Nagorno-Karabakh
    Tags:
    crise política, Nikol Pashinyan, Serzh Sargsyan, Armênia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik