10:40 24 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Esta foto tirada em 12 de janeiro de 2016 mostra as torres de resfriamento da usina nuclear de Doel, na Bélgica, emitindo vapor branco e espesso

    Central nuclear na Bélgica registra vazamento de água contaminada

    © AFP 2018 / EMMANUEL DUNAND
    Europa
    URL curta
    123

    Devido ao aumento do nível de radiação no bloco danificado, os trabalhos de manutenção no reator estão em risco, mas a empresa de manutenção diz que não há necessidade de se preocupar.

    O sistema de resfriamento do reator na usina nuclear de Doel sofreu um vazamento, embora não represente nenhum perigo para a equipe de trabalho ou para o meio ambiente, informou a empresa operacional Engie-Electrabel neste sábado.

    "Um efluxo de água menor foi detectado em uma linha de tubulação de reserva do sistema de resfriamento. O efluxo é bastante pequeno, ainda estamos bem abaixo da marca que causaria um desligamento automático do reator. Isso não afeta a segurança", o representante da empresa observou.

    De acordo com a agência de notícias Belga, o vazamento emergiu na parte nuclear do primeiro bloco de energia da usina nuclear Doel, que foi desativada em 23 de abril para manutenção de rotina do sistema de resfriamento.

    Dado o alto nível de radiação nesta parte do reator, os trabalhos de manutenção estão dificultados. O reator da usina nuclear permanecerá desconectado pelo menos até 1º de outubro, concluiu a agência.

    A Bélgica abriga sete reatores nucleares. Duas usinas nucleares belgas — a Doel, uma das usinas mais antigas da Europa, e o Tihange, que apresentam quatro e três reatores, respectivamente, são capazes de produzir cerca de 6 MW de eletricidade, suprindo as necessidades de 55% da população do país.

    Tags:
    Doel, Tihange, Engie-Electrabel, Agência de notícias Belga, Doel, Europa, Bélgica
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik