08:15 25 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Casa destruída por um ataque contra a cidade de Yasinovataya, no leste da Ucrânia

    Donetsk responsabiliza OTAN por ataque contra sua cidade

    © Sputnik / Sergei Averin
    Europa
    URL curta
    11214

    Comando Operacional da autoproclamada República Popular de Donetsk (RPD) acusou os militares da OTAN de terem disparado contra a cidade de Yasinovataya, controlada pela república.

    O subcomandante da República Popular de Donetsk, Eduard Basurin, contou aos jornalistas que na manhã desta quarta-feira a cidade foi atacada por morteiros de 120 mm e 82 mm.

    "Segundo nossos dados, os disparos foram coordenados pelos artilheiros da OTAN que acabaram de chegar [à Ucrânia] para realizar exercícios de campo e treinar forças ucranianas usando radares de contrabateria AN/TPQ, produzidos e fornecidos pelos EUA à Ucrânia", afirmou Basurin.

    O subcomandante frisou que os complexos de artilharia já foram instalados a uns quilômetros a norte de Donetsk.

    "Os complexos estão instalados nos telhados de alguns edifícios na cidade de Avdeevka [a 6 quilômetros de Donetsk]", comentou Basurin.

    O representante da república ressaltou que a RPD cumpre os acordos de Minsk, usando apenas armas permitidas para repelir ataques das forças ucranianas.

    Mais:

    EUA vão gastar US$ 65 milhões para 'diminuir dependência' de Donbass da Rússia
    Donetsk acusa Kiev de violar trégua mais de 20 vezes em um dia
    Tags:
    morteiros, acusações, ataque, OTAN, EUA, República Popular de Donetsk, Donbass, Leste da Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik