14:33 26 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Foto de Yulia Skripal do seu perfil no Facebook, filha do ex-espião russo Sergei Skripal, 6 de março de 2018

    Filha de Skripal: 'Eu acordei há uma semana, estou melhorando a cada dia'

    © AP Photo / Yulia Skripal/Facebook
    Europa
    URL curta
    Caso Skripal: as vítimas se recuperam (28)
    340

    Yulia Skripal pede respeito à vida privada de sua família durante recuperação.

    "Eu acordei há uma semana e com prazer posso afirmar que estou melhorando a cada dia. Agradeço a todos por se preocuparem com minha saúde e principalmente aos moradores de Salisbury que nos ajudaram quando eu e meu pai estávamos em estado inadequado”, disse Yulia em sua declaração citada pela polícia de Londres. 

    Yulia agradeceu também aos funcionários do hospital de Salisbury pelo profissionalismo e pela atenção. A filha do ex-espião russo não mencionou nada sobre o estado do seu pai.  

    "Estou segura que vocês entendem que, o que aconteceu, foi algo chocante e espero que respeitem minha vida privada e a da minha família", destaca-se na declaração.

    No dia 4 de março, o ex-agente de inteligência russo Skripal, que também trabalhava para a inteligência britânica, foi encontrado inconsciente junto com sua filha em um banco de um shopping na cidade de Salisbury.

    Especialistas britânicos acreditam que eles tenham sido atacados com o agente nervoso A-234 (também conhecido como "Novichok"). Os britânicos alegam que esta substância tóxica teria sido desenvolvida na União Soviética e colocam a culpa do ocorrido na Rússia. Moscou repetidamente rejeitou todas as acusações, qualificando-as infundadas.

    Tema:
    Caso Skripal: as vítimas se recuperam (28)

    Mais:

    Opinião: países europeus terão que restabelecer relações com Rússia após caso Skripal
    Reino Unido é incapaz de provar que substância para envenenar Skripal era da Rússia
    Tags:
    agente nervoso, envenenamento, polícia, hospital, saúde, Novichok, Yulia Skripal, Sergei Skripal, Salisbury, União Soviética, Reino Unido, Moscou
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik