10:48 21 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Porquinho-da-índia (imagem referencial)

    Enigma de Masyanya: animais de estimação de Skripal dão novo giro ao caso

    © Sputnik / Pavel Lisitsin
    Europa
    URL curta
    Envenenamento de ex-espião russo (100)
    7181

    A sobrinha de Sergei Skripal, Viktoria Skripal, está exigindo que Londres explique o que aconteceu com gatas e porquinhos-da-índia do ex-espião russo.

    Viktoria Skripal qualificou como "besteira" as informações de Scotland Yard sobre o ex-espião e sua filha terem entrado em contato com uma substância tóxica em casa. Se isso tivesse acontecido, animais de estimação teriam morrido também, opinou a mulher.

    "Se eles foram envenenados em casa, o que aconteceu com os animais? Tinham uma gata chamada Masyanya da Rússia e outra gata adotada de um abrigo. Depois, Aleksandr [filho de Skripal] e Yulia compraram dois porquinhos-da-índia fofos quando foram a uma loja de animais para comprar ração. Os gatos poderiam ter escapado, mas os porquinhos-da-índia seriam encontrados mortos devido ao envenenamento. Não há nenhuma informação sobre isso", afirmou Viktoria Skripal em entrevista ao jornal Moskovsky Komsomolets.

    De acordo com a edição britânica Metro, em março surgiram informações de que os animais de estimação de Skripal foram retirados "para exame". Desde então, a polícia não forneceu nenhuma informação sobre eles. 

    Não está claro onde os animais se encontram agora, se foram ou não envenenados, detalhou o jornal.

     

    Em 4 de março, Sergei Skripal, ex-oficial da inteligência militar russa que foi recrutado nos anos 90 pelo serviço secreto britânico, e sua filha Yulia foram encontrados inconscientes perto de um shopping na cidade de Salisbury com sinais de envenenamento com agente tóxico.

    Londres responsabilizou Moscou por estar envolvida no ataque, alegando que a substância com a qual o Skripal foi envenenado era de fabricação russa. Baseando-se nestas acusações, o Reino Unido e 28 outros países expulsaram um total de 153 diplomatas russos.

    Em 3 de abril, o presidente russo, Vladimir Putin, afirmou que substâncias semelhantes ao agente nervoso A-234, supostamente usado no envenenamento do ex-agente russo Sergei Skripal, podem ser produzidas em aproximadamente 20 países.

    Tema:
    Envenenamento de ex-espião russo (100)

    Mais:

    Mídia: conta bancária secreta poderia ter provocado envenenamento de Yulia Skripal
    Rússia não aceitará resultado da investigação do caso Skripal sem envolver seus peritos
    Embaixador russo nos EUA: caso Skripal é pretexto para difamar Rússia
    Tags:
    envenenamento, investigação, gatos, animais, Sergei Skripal, Rússia, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik