07:09 28 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Micro-ônibus com diplomatas russos e seus familiares sai da embaixada da Rússia em Londres, 20 de março de 2018

    Diplomatas russos expulsos devido a caso Skripal deixam embaixada de Londres

    © REUTERS / Toby Melville
    Europa
    URL curta
    Envenenamento de ex-espião russo (100)
    418

    Os diplomatas russos e suas famílias deixaram a embaixada da Rússia em Londres. Uma coluna de mais de dez carros e micro-ônibus se dirigiu ao aeroporto, disse um correspondente à Sputnik.

    Hoje (20), 23 diplomatas russos deixam o Reino Unido, de acordo com a exigência das autoridades britânicas na sequência do incidente em Salisbury. Contando com os familiares dos diplomatas, ao todo cerca de 80 pessoas deixam o país.

    O embaixador da Rússia em Londres, Aleksandr Yakovlenko, irá ao aeroporto para se despedir pessoalmente dos diplomatas.

    Os diplomatas britânicos expulsos de Moscou, como medida de resposta da Rússia às ações de Londres, vão regressar ao Reino Unido nos próximos dias.

    As relações entre Moscou e Londres se deterioraram no início de março após o ex-oficial de inteligência russa Sergei Skripal e sua filha terem sido encontrados inconscientes perto de um centro comercial na cidade de Salisbury.

    Neste sábado (17), a Rússia anunciou medidas de retaliação contra o Reino Unido, declarando 23 funcionários da Embaixada do Reino Unido em Moscou como personae non gratae em resposta ao movimento de Londres. O Ministério das Relações Exteriores também revogou o acordo sobre abertura e operação do Consulado Geral do Reino Unido na cidade russa de São Petersburgo, segundo o comunicado. Além disso, foi tomada a decisão de encerrar as atividades do British Council na Rússia, já que seu "status legal não foi definido".

    Tema:
    Envenenamento de ex-espião russo (100)

    Mais:

    Londres quer uma 'pequena guerra vitoriosa' contra Rússia para ganhar popularidade
    Rússia alerta Reino Unido: em caso de mais ações hostis, retaliação virá
    'Fornecedor confiável', Moscou não cortará energia do Reino Unido, diz embaixador
    Tags:
    tensões, embaixada russa, diplomatas, Sergei Skripal, Reino Unido, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik