05:54 20 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Logo da Amazon é visto por detrás de arame farpado no centro de logística de Rheinberg, na Alemanha.

    Funcionários da Amazon entram em greve na Espanha

    © AP Photo / Frank Augstein
    Europa
    URL curta
    0 10

    Funcionários da equipe da gigante do comércio eletrônico, Amazon, planejam realizar sua primeira greve na região espanhola de Madri para exigir a melhoria das condições de trabalho no maior centro corporativo de logística do país, disseram os sindicatos.

    O trabalho do centro, localizado em San Fernando de Henares, será interrompido por 48 horas — na quarta (21) e quinta-feira (22), de acordo com os sindicatos. Um total de 1.100 pessoas estão empregadas na instalação, enquanto outras 900 têm contratos temporários.

    Os sindicatos pedem à Amazon que prorrogue um acordo coletivo, que expirou em dezembro de 2016. A empresa tentou transferir os empregados para um tipo diferente de acordo que não garante a preservação dos salários, a remuneração pelo trabalho extra e o benefício em caso de doença. A categoria também acredita que a Amazon tem reduzido postos especializados e redistribuído essas funções entre funcionários menos qualificados.

    Em resposta, a administração da Amazon disse que continuará as negociações com os funcionários, a fim de proporcionar condições de trabalho competitivas.

    Nos últimos anos, os funcionários da Amazon realizaram greves em outros países da União Europeia, como Alemanha, França e Itália, exigindo melhores condições de trabalho.

    Mais:

    CIA oculta dados sobre espionagem a sindicatos e partidos de esquerda na Espanha
    Mina de urânio cria disputa entre Portugal e Espanha
    Rússia lamenta decisão da Espanha de extraditar programador russo para os EUA
    Catalunha quer criar exército para se defender da Espanha
    Tags:
    greve, Amazon, União Europeia, San Fernando de Henares, Itália, França, Alemanha, Espanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik