17:25 20 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Presidente ucraniano Pyotr Poroshenko

    Poroshenko avisa Rússia: estamos prontos para resistir a quem vier com espada

    © AP Photo / Mindaugas Kulbis
    Europa
    URL curta
    22819

    O presidente ucraniano, Pyotr Poroshenko, declarou que seu país está pronto a resistir à Rússia caso esta decida intervir.

    A declaração foi feita na cidade de Kramatorsk, tendo o vídeo do discurso de Poroshenko sido publicado na sua página do Facebook.

    "Durante dezenas de anos nos acalmavam com canções de ninar sobre a Rússia pacífica e o faziam com um único objetivo: para que não estivéssemos prontos para um ataque da Rússia. Mas declaro: tal erro jamais se repetirá — a Rússia que saiba que estamos prontos para resistir a quem vier com espada", disse líder ucraniano.

    Poroshenko assinou recentemente a chamada lei da reintegração de Donbass. No documento, a Rússia é chamada de "agressora", enquanto os territórios não controlados por Kiev são designados de "ocupados". A chancelaria russa chamou as afirmações da Ucrânia sobre a ocupação de "insinuações totalmente infundadas".

    O documento assinado pelo presidente ucraniano também permite legitimar o uso das forças armadas no Leste do país sem declaração de guerra.

    Em abril de 2014 as autoridades ucranianas lançaram uma operação militar contra as autoproclamadas repúblicas de Donetsk e Lugansk. Segundo os últimos dados da ONU, mais de 10.000 pessoas já foram vítimas do conflito. A regulação do conflito está sendo discutida, inclusive por meio de reuniões do grupo de contato em Minsk, no entanto, as partes continuam denunciando violações do regime de cessar-fogo.

    Mais:

    Kiev quer obrigar cidadãos da Crimeia e de Donbass a pedirem desculpas à Ucrânia
    Cientista político: Kiev quer colocar 'tropas ocupantes' em Donbass e não pacificadores
    Armas enviadas à Ucrânia por EUA e Canadá podem acabar nas mãos de terroristas, diz Moscou
    Tags:
    intervenção, ataque, Pyotr Poroshenko, Rússia, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik