04:12 12 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Um homem assiste a uma manifestação contra o racismo e em apoio de Idy Diene, um vendedor ambulante senegalês que foi morto por um italiano, em Florença, Itália, em 10 de março de 2018.

    Marcha contra o racismo em Florença homenageia imigrante assassinado na Itália

    © REUTERS / Alessandro Bianchi
    Europa
    URL curta
    127

    Mais de 10 mil pessoas participaram de uma manifestação anti-racista na cidade italiana de Florença em memória de um senegalês assassinado, informou a mídia local.

    Idy Diene, de 54 anos, era um vendedor ambulante senegalês que morou na Itália por 20 anos. O assassino teria tentado se suicidar os problemas financeiros, mas mudou de ideia e matou Diene de forma aleatória.

    Os migrantes africanos organizaram protestos em larga escala exigindo uma investigação minuciosa sobre o caso, pois viram natureza racista do incidente.

    Enrico Rossi, presidente da região italiana da Toscana e o prefeito de Florença, Dario Nardella, também participaram da manifestação. Nardella prometeu que os funerais de Diene seriam declarados um dia de luto na cidade.

    Tags:
    racismo, Idy Diene, Dario Nardella, Enrico Rossi, Toscana, Florença, Itália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik