08:21 23 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Militares dos EUA e noruegueses vestidos de vikings

    Nova 'ameaça russa' para Noruega: 'ataques' aéreos substituem os navais

    CC0 / U.S. Army Europe
    Europa
    URL curta
    462

    A Noruega acusou a Rússia de treinar um ataque aéreo contra o país. O especialista militar Andrei Koshkin lembrou que esta não é a primeira acusação desse tipo, mas anteriormente se tratava de "ataques navais".

    O chefe da inteligência militar norueguesa, Morten Haga Lunde, declarou que, em 2017, a Força Aérea da Rússia supostamente treinou um ataque contra vários alvos no reino, informou o portal The Independent Barents Observer.

    "Há menos de um ano, em 24 de março, caças russos realizaram voos táticos em direção às instalações da inteligência militar em Vardo. Eles simularam uma ofensiva e depois regressaram à sua base na península de Kola", disse Lunde. Segundo ele, da operação participaram nove aviões.

    De acordo com os militares noruegueses, em 2017 foram realizados pelo menos três exercícios desse tipo. Em maio de 2017, os aviões militares russos teriam treinado ataques contra o equipamento bélico que participa das manobras militares internacionais na Noruega.

    No ano passado, Morten Haga Lunde apontou "a atividade crescente da frota russa de submarinos", afirmando que os militares noruegueses têm dificuldades em detectar os novos submarinos russos.

    Em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, o analista militar Andrei Koshkin disse que acusações desse tipo se tornaram uma espécie de tendência.

    "Queria lembrar que Noruega é um dos mais antigos países integrantes da OTAN e, desde a adesão, sempre tem falado da chamada 'ameaça russa'. Sempre buscam 'submarinos russos' invisíveis que alegadamente planejam ocupar o país a partir do mar. Agora têm a nova moda absurda de que a Rússia quer realizar ataques aéreos contra instalações norueguesas", explicou ele.

    Segundo o especialista, embora essas declarações tenham sido feitas por representantes dos serviços de inteligência, elas têm um caráter vago e nebuloso. 

    "Observamos esta tendência pronunciada por parte dos militares noruegueses, destinada a fazer com que a opinião pública seja favorável a implementar algumas medidas contra a Rússia", opinou ele.

    O analista sublinhou que os militares russos atuam em conformidade com os acordos internacionais e que não se pode falar de quaisquer planos de atacar a Noruega.

    "Quanto às ações da nossa Força Aérea e das Forças Armadas em geral, elas realizam treinamentos para defender as fronteiras nacionais, a soberania e a segurança do Estado, respeitando todos os acordos", disse ele.

    Mais:

    Rússia envia resgate do helicóptero Mi-8 desaparecido na Noruega
    Delegação da Noruega reconhece a legalidade da reintegração da Crimeia à Rússia
    Tags:
    ameaça, ofensiva, aviação militar, Rússia, Noruega
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik