10:14 07 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    18303
    Nos siga no

    Enquanto a Alemanha continua analisando opções para substituir seus antigos caças Tornado, o chefe da Luftwaffe (Força Aérea alemã) será literalmente despedido caso diga mais uma vez em público "F-35", o nome do caça norte-americano, segundo informações recentes.

    "Como me disseram fontes da Luftwaffe, caso o chefe da Força Aérea alemã diga 'F-35' outra vez, será despedido. Parece que os líderes políticos continuam preferindo opções da União Europeia (caças nucleares modernizados Eurofighter Typhoon ou caça europeu que ainda não existe)", disse Christian Theils, jornalista e especialista militar alemão, em seu Twitter.

    Em novembro, o chefe da Força Aérea da Alemanha, tenente-general Karl Muellner, disse que o departamento precisa de um avião "de quinta geração" para "satisfazer todas as nossas necessidades". A afirmação foi considerada um sinal de que Alemanha optaria por caças norte-americanos F-45, conhecidos por suas falhas numerosas e preço elevado.

    A Luftwaffe pediu informações sobre aviões de combate tais como F-35, F-15, F/A-18 e Typhoon europeu, mas destes apenas F-35 corresponde ao critério "de quinta-geração".

    Mais posteriormente, militares alemães se distanciaram da preferência pelo F-35 expressada por Karl Muellner. Em particular, vice-ministro da Defesa, Ralf Brauksiepe, afirmou em dezembro que Berlim considera como opção principal o Eurofighter Typhoon, enquanto F-15, F/A-18 e F-35 são apenas "segundas escolhas".

    A aquisição de caças norte-americanos F-35 pode ser politicamente prejudicial devido ao projeto anunciado nos últimos anos pela Alemanha e pela França de desenvolver um caça de quinta geração, possivelmente em cooperação com outros países europeus.

    Porém, alguns analistas duvidam que a França e a Alemanha sejam capazes de financiar essa iniciativa sem sacrificar orçamento destinado a programas sociais.

    Mais:

    Alemanha suspende fornecimentos de armas à Turquia por operação na Síria
    Opinião: Força Aérea Brasileira possui 'o maior poder de fogo' na região
    Tags:
    compras, caças de quinta geração, Eurofighter Typhoon, F-15, F-35, Força Aérea da Alemanha, Luftwaffe, EUA, Europa, França, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar