08:52 11 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Gasoduto em Beregdaroc, Hungria, um dos pontos de passagem do gás russo à UE

    Moscou: Europa não consegue reduzir dependência do gás russo

    © REUTERS / Laszlo Balogh
    Europa
    URL curta
    8264

    A União Europeia (UE) não está conseguindo reduzir a sua dependência do gás russo, disse o representante permanente da Rússia junto ao bloco, Vladimir Chizhov para a emissora Rossiya 24.

    "O objetivo estratégico, declarado pela União Europeia — reduzir a dependência do fornecimento de gás russo — por enquanto não está se aproximando. Eu diria que está ficando um pouco mais distante, pois o volume físico de gás russo fornecido aos países da UE está crescendo", disse Chizhov.

    Ele destacou que o volume de gás fornecido aos países da UE em 2016 cresceu 12%, e 8% em 2017.

    A UE planeja ampliar a eficiência energética do bloco em 20% até 2020 e em 27% até 2030.

    Mais:

    Mídia revela que EUA vão receber gás russo
    Por que o mais recente gasoduto europeu não poderá funcionar sem gás russo?
    Rússia VS EUA: quem ganhará a 'guerra do gás' na Europa?
    Opinião: gás russo não tem concorrentes na Europa
    Tags:
    segurança energética, energia, gás, Vladimir Chizhov, União Europeia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik