19:10 05 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    103
    Nos siga no

    Dois guardas da prisão de Borgo, na região francesa de Córsega, ficaram gravemente feridos nesta manhã (19) por um prisioneiro islamista radical, comunica o jornal Le Figaro, citando sindicato de Justiça de Ufap-Unsa.

    O prisioneiro deveria ser transferido para solitária por descumprimento das normas, e atacou os guardas assim que a porta de sua cela foi aberta.

    Mais tarde, a agência de notícias AFP comunicou que os guardas foram atacados por três prisioneiros, um dos quais é extremista. Segundo uma fonte próxima da investigação, o autor do ataque foi retirado da cela com um ou dois cúmplices.

    Maxime Coustie, delegado sindical da Justiça de Ufap-Unsa, assegurou que "depois de 15 dias, foram acumuladas observações sobre o prisioneiro, que hoje devia ser isolado por ser muito perigoso".

    "Um dos guardas recebeu facadas no tórax, e o outro recebeu golpes na cabeça. Os dois ferimentos são gravíssimos", detalhou o Le Figaro.

    Segundo comunica o portal France 3 Corse, os dois homens "gravemente feridos na cabeça", receberam assistência médica de bombeiros, e conforme o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), depois foram levados para o hospital de Bastia.

    A procuradoria de Bastia deu início à investigação que será realizada pela polícia da cidade.

    Mais:

    Prisioneiro espanhol 'ressuscita' subitamente antes da autópsia
    Expulsão x prisão: Israel anuncia plano para colocar africanos ilegais para fora do país
    Violência sem fim: rebelião deixa nove mortos em prisão de Goiânia
    Tags:
    Córsega, França, prisão, ataque, faca, extremista, feridos, isolamento
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar