13:29 24 Abril 2019
Ouvir Rádio
    Flags outside the building of the European Parliament in Strasbourg

    Cientista político russo é banido por três anos da União Europeia a pedido da Polônia

    © Sputnik / Alexey Vitvitsky
    Europa
    URL curta
    339

    O cientista político e jornalista russo, Oleg Bondarenko, disse ter sido banido da União Europeia por um período de três anos a pedido de autoridades polonesas.

    "A pedido da Polônia sem explicitar motivos, por decisão de 17.11.2017, estou impedido de entrar na UE por três anos. Considero isso como uma vingança política dos poloneses", disse Bondarenko.

    De acordo com Bondarenko, ele foi parado ao chegar no Aeroporto Tegel de Berlim. O guarda da fronteira chamou um policial, que convidou o jornalista a um sala reservada. Lá, ele recebeu um documento negando a entrada no Espaço Schengen da União Europeia mediante um pedido da Polônia. Bondarenko enviou uma foto do documento para a Sputnik que não contém motivos para a negativa, mas prova que foi feito a pedido do governo polonês.

    Bondarenko também publicou no Facebook uma foto de sua página de passaporte com um selo datado. "É assim o selo proibindo a entrada na UE", ironizou.

    O cientista político disse à Sputnik que planejava ir a Berlim por um dia a convite do Partido A Esquerda ("Die Linke") para a reunião em conexão com o início do ano político. Bondarenko disse que também queria convidar o co-líder do partido, Sahra Wagenknecht, para uma visita à Rússia.

    Tags:
    banimento, A Esquerda, Die Linke, União Europeia, Oleg Bondarenko, Sahra Wagenknecht, Polônia, Berlim, Alemanha, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar