15:15 23 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    German Chancellor Angela Merkel attends a plenary session of German parliament Bundestag in Berlin, Tuesday, Nov. 21, 2017

    Alemanha: 47% dos alemães querem saída de Angela Merkel

    © AP Photo / Michael Kappeler
    Europa
    URL curta
    670

    De acordo com a pesquisa da YouGov, publicada pelo jornal Welt, 47% dos entrevistados querem que Merkel deixe o cargo antes das próximas eleições, em 2021.

    Pesquisa divulgada nesta quarta-feira (27) aponta também que 36% dos alemães querem que Angela Merkel permaneça no cargo para o mandato completo de quatro anos, caso seja reeleita chanceler após as negociações da coalizão.

    A pesquisa mostra um declínio no apoio a Merkel. No início de outubro, 44% queriam que ela se mantivesse no cargo por quatro anos. 

    A Alemanha realizou eleições parlamentares em 24 de setembro. A aliança entre o partido de Merkel, a União Democrática Cristã (CDU) e a União Social Cristã da Baviera (CSU) ganhou as eleições com 33% de votos e garantiu 246 lugares no parlamento, enquanto o Partido Social Democrata Alemão (SPD) ficou em segundo lugar com 20,5% dos votos, ocupando 153 lugares no Bundestag.

    O país está no meio da pior crise política de sua história recente, após o colapso dos esforços da CDU para estabelecer uma coalizão de três vias com o Partido dos Democratas Livres e o Partido Verde, em novembro.

    Em 20 de dezembro, a aliança entre CDU, CSU e SPD anunciou que as negociações preliminares da coalizão aconteceriam no dia 7 de janeiro.

    Mais:

    Alemães estão divididos sobre o futuro de Angela Merkel
    Merkel segue 'caminho destrutivo' e só tem a perder com novas eleições, dizem analistas
    Presa em beco sem saída, Merkel indica que novas eleições vêm aí na Alemanha
    E agora, Merkel? Novas eleições podem ser a saída para impasse na Alemanha
    Tags:
    eleições na alemanha, Partido dos Democratas Livres, União Social Cristã da Baviera, Partido Social Democrata da Alemanha (SPD), Partido Verde, União Democrática Cristã, Angela Merkel, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik