22:59 24 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Serviço Federal de Inteligência da Alemanha (BND)

    Inteligência da Alemanha forneceu informações contrárias à Rússia para jornalistas locais

    © AFP 2018 / JOHN MACDOUGALL
    Europa
    URL curta
    7311

    A Agência Federal Alemã de Inteligência (BND) forneceu a jornalistas secretamente, uma série de informações contendo críticas à Rússia de acordo com a mídia local.

    A informação foi fornecida durante conversas não-oficiais com alguns repórteres. Não há mais informações disponíveis sobre essas ocasiões.

    Em meados de novembro, o chefe do BND, Bruno Kahl, pediu aos países ocidentais que se assegurem de estarem prontos para combater qualquer "ameaça potencial" colocada pela Rússia, ao mesmo tempo em que aconselhava manter "laços íntimos" com Moscou.

    "Para dizer sem rodeios, ao invés de ter um parceiro para a segurança europeia, somos mais propensos a enfrentar uma ameaça potencial na Rússia", disse Kahl em uma entrevista ao jornal Sueddeutsche Zeitung, acrescentando que os Estados ocidentais também devem apoiar relações íntimas e os canais de comunicação com a Rússia para o caso de Moscou se mostrar interessada em cooperação no futuro.

    As relações entre a Rússia e os países ocidentais, incluindo a Alemanha, se deterioraram em 2014 após a erupção da crise ucraniana e a decisão da Crimeia de se juntar à Rússia. Os Estados Unidos, a União Europeia e seus aliados acusaram Moscou de intrometer-se nos assuntos internos da Ucrânia e impuseram sanções à Rússia. Moscou refutou as acusações e introduziu um embargo de alimentos contra os mesmos países que recorreram a medidas restritivas contra a Rússia.

    Tags:
    União Europeia, Sueddeutsche Zeitung, Serviço Federal de Inteligência (BND), Bruno Kahl, Estados Unidos, Crimeia, Moscou, Rússia, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik