16:37 22 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Javali

    Na Suécia, presidente da França escapa de javali (FOTOS)

    © REUTERS/ Toru Hanai
    Europa
    URL curta
    321

    Segurança foi reforçada durante a recente cúpula da UE na cidade sueca de Gotemburgo, resultando no descontentamento dos suecos devido ao trânsito desconfortável. Uma das estradas foi completamente fechada, exceto para o líder francês Emmanuel Macron... e para um javali.

    Um javali selvagem se atreveu a desafiar as leis de segurança arquitetadas para a cúpula da União Europeia, realizada na cidade de Gotemburgo de 15 a 17 de novembro, ao se aproximar do presidente francês, Emmanuel Macron, enquanto ele seguia em direção à cidade, comunicou a emissora sueca SVT, referindo-se a fotos tiradas por policiais da façanha do animal.

    O intruso, erroneamente identificado como um alce, na verdade era um javali. Sua verdadeira identidade foi revelada graças a fotos de helicóptero. O javali atravessou a estrada, percorrendo centenas de metros no meio da estrada ao encontro do cortejo de Macron.

    ​Antes da cúpula da UE, várias estradas foram fechadas, causando trânsito, em particular na rodovia 40º ao aeroporto de Gotemburgo-Landvetter. A rota, utilizada pelas delegações estrangeiras, estava sendo vigiada pela polícia.

    Embora muitos moradores locais tenham expressado sua indignação às medidas rigorosas de segurança, que resultaram em atrasos e outros problemas, não foi reportado nenhum incidente durante a cúpula da UE.

    Entretanto, a invasão de javalis selvagens se tornou um problema crescente para os agricultores suecos, que chegam a perder até 7% de suas colheitas por conta do número crescente de porcos bravos. Somente em 2015, as perdas de agricultores suecos devido à invasão de javalis somaram 1,56 bilhão de coroas suecas (R$ 618 milhões), informou a Universidade de Ciências Agrícolas sueca (SLU).

    ​Depois de sua extinção no século XVII, javalis foram reintroduzidos e a partir da década de 1970 o número de espécimes cresceu significativamente. Hoje em dia, a população de porcos bravos selvagens da Suécia corresponde a 300 mil animais.

    A população mais densa se encontra no sul da Suécia. Os javalis são criaturas tímidas e raramente são vistos à luz do dia. O melhor tempo para vê-los, é crepúsculo e amanhecer.

    ​De acordo com a Agência de Proteção Ambiental sueca, o problema não é justamente o número crescente de javalis, mas, sim, sua alta concentração em algumas partes do país.

    No ano passado, javalis superaram os alces como o troféu mais popular para caçadores suecos. Em 2016, mais de 100 mil porcos bravos foram mortos, em comparação com 80.000 alces, assinalou o especialista, Christer Petterson, da Agência de Proteção Ambiental, em entrevista à edição Gotebogs-Posten.

    Mais:

    Cientistas criam primeiro híbrido de humano e porco (FOTO)
    Porco gigante ajuda Metrô-SP a garantir o troco
    Tags:
    animal, javali, Emmanuel Macron, Suécia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik