22:05 20 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    1161
    Nos siga no

    O croata da Bósnia e Herzegovina, Slobodan Praljak, tomou veneno no tribunal após ouvir sua sentença por crimes de guerra, segundo a mídia croata.

    O general de 72 anos foi sentenciado pelo Tribunal Penal Internacional a 20 anos de prisão por crimes cometidos durante a Guerra da Bósnia.

    Ao ouvir confirmação de sua sentença, o general croata bebeu um pequeno frasco com líquido, dizendo ao juiz: "Tomei veneno."

    Slobodan Praljak foi um dos seis ex-líderes militares e políticos croatas que compareceram ao julgamento final, realizado pelo Tribunal Penal Internacional para a antiga Iugoslávia, escreve o portal BBC

    O general e ex-comandante das forças de defesa da Bósnia Croácia foi detido anteriormente por crimes contra humanidade na cidade de Mostar.

    Durante a Guerra da Bósnia, entre 1992 e 1995, croatas da Bósnia e muçulmanos do país combateram entre si durante 11 meses e algumas das batalhas mais ferozes aconteceram precisamente na cidade de Mostar.

    Tags:
    sentença, crimes de guerra, tribunal internacional, Tribunal de Haia, Iugoslávia, Croácia, Sérvia, Bósnia e Herzegovina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar