05:49 11 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Primeira-ministra da Grã-Bretanha Theresa May

    Theresa May: Rússia é uma 'nação hostil'

    © REUTERS/ Peter Nicholls
    Europa
    URL curta
    311124

    A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, acredita que a Rússia é uma "nação hostil" que tenta desestabilizar a região.

    May compartilhou com a Sputnik trechos do discurso que irá fazer durante o encontro da Associação Oriental da União Europeia, que irá realizar uma reunião na sexta-feira (24). O órgão é formado pelos membros do bloco europeu e os seguintes países: Bielorrússia, Ucrânia, Moldávia, Azerbaijão, Armênia e Geórgia. 

    "O Reino Unido pode estar deixando a União Européia, mas não estamos saindo da Europa e estamos comprometidos incondicionalmente em manter a segurança da Europa".

    A primeira-ministra elogiará o "significativo" desenvolvimento econômico da região e falará sobre o combate à corrupção. Além disso, May afirmará que a Rússia é uma nação hostil. Para ela, Moscou faz "ameaças e tentativas de desestabilização".

    "Há uma enorme quantidade de potencial na vizinhança oriental que devemos cultivar e desenvolver. Mas também devemos manter um olho aberto para as ações de nações hostis como a Rússia que ameaçam esse potencial e tentam separar nossa força coletiva".

    No fim de seu discurso, a primeira-ministra britânica anunciariará que o Reino Unido irá gastar US$ 133 milhões em cinco anos nos países da Europa Oriental para "combater a desinformação".

    Mais:

    Incomparável submarino soviético da época da Guerra Fria surge no Reino Unido (VÍDEO)
    Rússia desmente acusações de interferência no Reino Unido
    Alemanha, Reino Unido e França defendem preservação do acordo nuclear com Irã
    General dos EUA: se Reino Unido seguir com cortes militares, ficará indefeso
    Contando os dias para o Brexit: EUA já falam em acordo de livre comércio com Reino Unido
    'Canibalismo' é um dos maiores problemas da Marinha do Reino Unido
    Geração Identitária: quem é o grupo de jovens nacionalistas que quer entrar no Reino Unido
    Homem armado faz reféns em Nuneaton, no Reino Unido (VÍDEO)
    Câmera capta atividade misteriosa em pub 'assombrado' no Reino Unido (VÍDEO)
    Líder neonazista se declara gay, revela ser judeu e abandona movimento no Reino Unido
    Crimes de ódio crescem quase 100% no Reino Unido
    Tags:
    Theresa May, Reino Unido, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik