20:43 16 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Boris Johnson se encontra com Paul Ryan em Washington

    Boris Johnson tenta manter EUA no acordo nuclear com Irã

    © Foto: Divulgação
    Europa
    URL curta
    410

    O secretário de Relações Exteriores do Reino Unido, Boris Johnson, advertiu os legisladores dos EUA contra o abandono do acordo nuclear internacional com o Irã, dizendo que o acordo tornou o mundo mais seguro.

    Boris Johnson chegou a Washington na quarta-feira para dois dias de negociações destinadas a convencer os legisladores dos EUA a defenderem o acordo nuclear com o Irã. A chefe das Relações Exteriores da União Europeia, Federica Mogherini, também passou dois dias no Capitólio exortando os legisladores norte-americanos a defenderem o acordo.

    "Foram necessários treze anos de diplomacia incansável entre o Reino Unido, os EUA, nossos parceiros europeus e o Irã para tornar o mundo um lugar mais seguro. Agora não é o momento de colocar isso em risco", disse Johnson.

    O principal diplomata britânico enfatizou que o acordo estava funcionando e resultou no Irã entregando mais de 95% do estoque de urânio.

    "Apoiar o acordo nuclear não significa que não devemos agir contra o comportamento iraniano perturbador em outros lugares", disse Johnson na Declaração do Ministério das Relações Exteriores do Reino Unido no início de sua visita. "No entanto, é vital que não combinemos as questões sobre as quais devemos condenar com razão o Irã e um acordo que neutralize a ameaça de um Irã com armas nucleares".

    O secretário de Relações Exteriores do Reino Unido reuniu-se com o presidente da Câmara dos Deputados dos EUA, Paul Ryan, o líder da maioria do Senado, Mitch McConnell, o líder da maioria da Câmara Kevin McCarthy e os presidentes e funcionários dos Comitês de Relações Exteriores do Senado.

    Johnson publicou uma foto de seu encontro com McCarthy no Twitter, dizendo que era "ótimo para recuperar o atraso" com o líder republicano sobre a manutenção do acordo no Irã, enfrentando a Coreia do Norte e garantindo o sucesso da Brexit.

    Tags:
    acordo nuclear, Brexit, Secretaria de Relações Exteriores do Reino Unido, Capitólio, Câmara dos Deputados dos EUA, Senado dos EUA, União Europeia, Kevin McCarthy, Mitch McConnell, Paul Ryan, Federica Mogherini, Boris Johnson, Estados Unidos, Coreia do Norte, Irã, Europa, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik