13:06 15 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Carles Puigdemont, o ex-presidente da Catalunha

    Presidente destituído da Catalunha se entrega à polícia

    © REUTERS / Albert Gea
    Europa
    URL curta
    Referendo independentista na Catalunha (66)
    561
    Nos siga no

    Um mandado de detenção europeu foi emitido contra o ex-líder da Catalunha, bem como contra quatro ministros do seu gabinete que fugiram à Bélgica, informou o porta-voz da polícia durante uma coletiva de imprensa.

    Os cidadãos objeto de mandado se apresentaram acompanhados pelos seus advogados em uma delegacia policial em Bruxelas depois de ter sido enviada a ordem de detenção por parte do Procurador belga.

    O porta-voz da polícia belga, Giller Dejemepp, declarou que Puigdemont e os seus ex-conselheiros chegaram à delegacia voluntariamente "na presença dos seus advogados por motivo da um mandado europeu de detenção e entrega".

    "Estamos prontos para cooperar plenamente com a justiça belga em conformidade com o mandado de detenção europeu emitido pela Espanha", disse Puigdemont na sua conta no Twitter.

    ​Em 3 de novembro, uma juíza espanhola emitiu um mandado de busca e detenção internacional para Puigdemont e quatro de seus conselheiros.

    Na última sexta-feira, Madri dissolveu o Parlamento da Catalunha e anunciou para 21 de dezembro a realização de eleições naquela comunidade autônoma da Espanha. O próprio Puigdemont não desistiu e pediu uma "oposição democrática" ao artigo 155 da Constituição.

    Tema:
    Referendo independentista na Catalunha (66)
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar