14:36 21 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Desfile militar em Kiev no Dia da Independência da Ucrânia

    Doenças e álcool: eis o que está corroendo o exército da Ucrânia

    © Sputnik / Nikolai Lazarenko
    Europa
    URL curta
    270
    Nos siga no

    O ministro da Defesa ucraniano, Stepan Poltorak, motivou as perdas fora de combate no exército ucraniano por doenças, violação das medidas de segurança e consumo de álcool.

    Presidente ucraniano Pyotr Poroshenko
    © Sputnik / Serviço de imprensa do presidente da Ucrânia
    Mais cedo, o procurador-geral militar da Ucrânia, Anatoly Matios, afirmou que, desde 2014, mais de 10 mil militares morreram e ficaram feridos por razões alheias ao conflito armado na região de Donbass. O procurador considera que o motivo para tais perdas colossais é o fato dos militares violarem os regulamentos militares e cumprirem seu serviço de maneira negligente.

    "Ainda há perdas fora do campo de batalha, infelizmente… As razões são as mais diversas. Isto acontece quando as pessoas morrem de doenças ou, às vezes, por serem violadas as regras de segurança. Infelizmente, há casos de os efetivos consumirem bebidas alcoólicas", disse Poltorak neste sábado (28) em um comentário para o canal ucraniano 112 Ukraina.

    De acordo com o titular da pasta, cada caso é investigado e são tomadas medidas adequadas para que não se repitam.

    Mais:

    Golpe contra Poroshenko? Vice-ministro da Defesa da Ucrânia foi detido
    Poroshenko: 'Ainda há um longo caminho para estabelecer a paz sustentável em Donbass'
    Opinião: Ucrânia pode desencadear Terceira Guerra Mundial na Europa
    Tags:
    perdas, militares, Exército da Ucrânia, Stepan Poltorak, Anatoly Matios, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar