12:38 14 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Jogadores do Hertha BSC Berlin ficam de joelhos durante jogo da Bundesliga

    Contra racismo, jogadores do Hertha Berlim ficam de joelhos no Campeonato Alemão

    © AP Photo / Michael Sohn
    Europa
    URL curta
    143
    Nos siga no

    Titulares, reservas e a comissão técnica do Hertha Berlin ficaram de joelhos antes de uma partida do Campeonato Alemão de futebol neste sábado (14) em protesto contra a injustiça racial e solidariedade aos atletas da NFL.

    "Queríamos tomar uma posição contra o racismo", afirmou o capitão do Hertha, Per Skjelbred, após a partida.

    "O Hertha Berlin defende a diversidade contra a violência. Por esta razão, estamos nos juntando ao protesto dos atletas americanos e estabelecendo um sinal contra a discriminação", afirmou o locutor do estádio aos 50 mil torcedores presentes no Olympiastadion de Berlim, originalmente construído para as Olimpíadas de 1936 na Alemanha nazista.

    Alguns jogadores da liga de futebol americano estão ficando de joelhos, sentados ou de braços dados durante a execução do hino nacional. O protesto começou em 2016, quando Colin Kaepernick ficou de joelhos para denunciar a violência policial contra negros.

    Entretanto, após o presidente Donald Trump chamar estes jogadores de "filhos da p***" e pedir a demissão de quem ficasse de joelhos, o protesto tem aumentado. Em uma das rodadas da NFL, 200 jogadores não se levantaram para o hino nacional. 

    Agora, o protesto atravessou o Oceano Atlântico e chegou na Europa. 

    "Nós somos contra os racistas e esta foi a maneira de compartilhar isto. Sempre iremos lutar contra este tipo de comportamento, como um time e como uma cidade", afirmou o atacante do Hertha Salomon Kalou.

    Mais:

    Trump bate de frente com a NFL e questiona benefícios fiscais da liga de futebol americano
    Em protesto contra Trump, mais de 200 jogadores da NFL não se levantam para hino nacional
    Trump compra briga com astro da NBA e atletas da NFL
    Gafe ou transtorno de personalidade? Trump revela que 'se reuniu' consigo mesmo
    'Enterramos muitos como Trump': general iraniano alerta EUA sobre guerra
    Quem 'inspira' Trump a se lançar em conflito com aiatolás iranianos?
    Tags:
    Donald Trump, Estados Unidos, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar