13:01 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Comediante tentou entregar formulário para demitidos à premiê Theresa May

    Comediante faz piada e 'demite' premiê britânica Theresa May (VÍDEO)

    © REUTERS/ Phil Noble
    Europa
    URL curta
    441

    Conhecido por suas pegadinhas com políticos, o comediante britânico Simon Brodkin 'demitiu' a primeira-ministra Theresa May nesta quarta-feira. Mas ele foi quem levou a pior, sendo preso logo após entregar um formulário à premiê.

    A brincadeira aconteceu quando May discursava para apoiadores do Partido Conservador. Durante o discurso, Brodkin – que usa o nome artístico de Lee Nelson – apareceu com um formulário, o P45, destinado aos funcionários demitidos no Reino Unido.

    O humorista foi rapidamente detido e retirado do local.

    "O Boris me disse para entregar a ela o P45. Ele não me disse por que. Queria que eu o fizesse", ironizou Brodkin, em entrevista à Agência Reuters.

    O Boris em questão seria o Johnson, ministro de Relações Exteriores do país e que muitos conservadores gostariam de ver como primeiro-ministro.

    Preso por algumas horas, Brodkin foi liberado pela polícia. Segundo a corporação, ele não estava ilegalmente no evento, tendo em mãos credenciais para estar presente ao discurso de May.

    Anteriormente, o comediante já pregou peças contra o ex-presidente da Fifa, Joseph Blatter, quando atirou notas de dinheiro sobre o cartola durante uma coletiva, e também no presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, quando lhe deu bolas de golfe com suásticas.

    Mais:

    Theresa May pede novas sanções contra a Coreia do Norte após teste nuclear
    Brexit: Cidadãos europeus poderão ficar no Reino Unido, diz May
    Theresa May: incidente em Finsbury Park está sendo tratado como possível ato terrorista
    Tags:
    piada, pegadinha, política, Partido Conservador, Boris Johnson, Lee Nelson, Simon Brodkin, Theresa May, Grã-Bretanha, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik