20:21 22 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Televisão

    Radar dos EUA impede noruegueses de assistir à TV

    © flickr.com/ espensorvik
    Europa
    URL curta
    536

    Os habitantes da comuna de Vardo, nordeste da Noruega, estão cansados do radar norte-americano Globus II, que interrompe o sinal de TV e faz duplicar a imagem.

    Segundo um residente de Vardo, Arnt Edmund Jensen, o problema começou cerca de três anos atrás e se agravou nos últimos dias. 

    "Comprei uma nova antena parabólica. Foi instalada por um especialista competente. Entretanto, isso não resolveu o problema", disse Jensen à emissora norueguesa NRK.  

    As autoridades de Vardo disseram que as Forças Armadas são responsáveis pela deficiência do sinal e que poderá levar um ano e meio para ultrapassar esse problema, porque as autoridades municipais receberam dinheiro da inteligência da Noruega para instalarem televisão por cabo nas casas dos moradores locais, afetados pelo radar, mas gastaram tudo há vários anos.

    Radar
    © Sputnik / Mikhail Fomichev
    O porta-voz do Serviço de Inteligência da Noruega, Kim Gulbrandsen, confirmou que o serviço negociou alguns anos atrás com as autoridades de Vardo para encontrar uma solução amigável e alternativa às antenas parabólicas. Como resultado, 159 casas em Vardo passaram a ter televisão por cabo. Isso foi anunciado no jornal local, mas Jensen disse que não recebeu nenhuma informação por ter estado em viagem.

    Vardo tem uma população de 2,1 mil habitantes e está situada no extremo nordeste do país. O radar norte-americano Globus II foi instalado em Vardo em 1998. Segundo as autoridades locais, o objetivo do radar é monitorar e classificar objetos no espaço aéreo. Entretanto, muitas pessoas pensam que o radar desempenha um papel importante no sistema de defesa antimíssil dos EUA. 

    Agora o radar é administrado pelo Serviço de Inteligência da Noruega e operado por noruegueses. De acordo com a inteligência, o objetivo principal do radar é "monitorar os movimentos no espaço aéreo no mar de Barents e em outras áreas de interesse no norte". O Serviço de Inteligência da Noruega sublinha também que o radar não afeta a saúde dos habitantes.

    A Noruega e os EUA planejam instalar um novo radar militar Globus III, além do já existente Globus II, até o ano de 2020.

    Mais:

    Unidades de artilharia russas usam o radar Zoopark-1M pela primeira vez
    Radar do futuro: Exército russo receberá sistema caçador de drones avançado (VÍDEO)
    Tags:
    televisão, radar, Noruega, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik