11:32 24 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    18618
    Nos siga no

    Presidente ucraniano, Pyotr Poroshenko, ordenou a apresentação de acusações contra a Rússia em tribunal por suposto "dano ecológico" provocado pela construção da ponte.

    A informação foi divulgada pela assessoria de imprensa do presidente ucraniano.

    "Queria que seja estudada a questão relacionada ao desastre que foi provocado pela construção da ponte de Kerch e que seja preparada uma demanda para as respectivas estruturas internacionais", escreveu o porta-voz de Poroshenko, Svyatoslav Tsegolko, na sua conta do Twitter.

    Alguns representantes das autoridades ucranianas acreditam que a construção da ponte leva a isolamento da Ucrânia por via marítima e acusam a Rússia de violação de todas as normas internacionais.

    Cientistas políticos russos, no entanto, afirmam que as acusações da parte ucraniana são provocadas pelo medo que após a finalização das obras e a criação da infraestrutura necessária, a Ucrânia perderá para sempre seu sonho de recuperar a península.

    A ponte através do estreito de Kerch, que ligará a península da Crimeia à parte continental da Rússia (região de Krasnodar), vai ser a mais extensa da Rússia, seu comprimento será de 19 quilômetros. A inauguração da ponte está planejada para dezembro de 2018.

    Mais:

    2 espiões ucranianos foram detidos na Crimeia
    Primeiro navio da Marinha russa passa por debaixo da ponte da Crimeia
    Engenharia de ponta: arco ferroviário é instalado na ponte da Crimeia (VÍDEO)
    Tags:
    processo judicial, Ponte da Crimeia, Pyotr Poroshenko, Crimeia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar