19:20 25 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Militares das Forças Armadas bielorrussas no posto móvel de comando durante os exercícios conjuntos da Rússia e Bielorrússia ‘Escudo da União’

    Ocidente em pânico com Zapad 2017: Alemanha viu 100 mil soldados onde não havia

    © Sputnik/ Alexei Danichev
    Europa
    URL curta
    175195423

    O ministério da Defesa da Bielorrússia desmentiu a informação de que as manobras russo-bielorrussas Zapad 2017 (Ocidente 2017) contam com a participação de mais de 100 mil militares. A cifra foi anunciada dias antes pela chefe da pasta de Defesa da Alemanha, Ursula von der Leyen.

    "Esse número, 100 mil, absolutamente não corresponde à verdade", disse à imprensa o porta-voz do ministério da Defesa bielorrusso, Vladimir Makarov.

    O oficial lembrou que tanto a Bielorrússia quanto a Rússia disponibilizaram dados oficias "identicos e precisos" referentes aos números de efetivos que participarão dos exercícios — um total de 12 mil e 700 militares. Entre esses, 10 mil e 200 se encontram em território bielorrusso (7 mil bielorrussos e 3 mil russos). 

    As manobras estratégicas binacionais Zapad 2017 estão sendo realizadas entre os dias 14 e 20 de setembro na Bielorrússia e em três polígonos russos.

    No dia 7 de setembro, Von der Leyen declarou, durante uma reunião com seus homólogos europeus em Tallinn, que mais de 100 mil militares participariam dos exercícios russo-bielorrussos. Segundo ela, as manobras seriam uma demonstração do poder militar russo.

    O porta-voz do ministério da Defesa da Rússia, Igor Konashenkov, garantiu que os números mencionados pela ministra alemã são infundados e recordou que Moscou informou Berlim sobre o caráter defensivo dos exercícios, bem como encaminhou documentos com números reais dos efetivos envolvidos nas manobras.

    Quando o grito é tão forte que percorre oceanos
    © Sputnik/ Vitaly Podvitsky
    Quando o grito é tão forte que percorre oceanos

    Mais:

    'Espiões voadores' da OTAN estão em alerta pelo início dos exercícios Zapad 2017
    Apesar de reconhecer transparência, Pentágono se preocupa com Zapad 2017
    Zapad 2017: Alemanha e França condenam exercícios russos na Bielorrússia
    Moscou: OTAN tenta aumentar tensões na véspera dos exercícios militares Zapad 2017
    Tags:
    exercícios militares, exercícios conjuntos, Zapad 2017, Igor Konashenkov, Ursula von der Leyen, Vladimir Makarov, Bielorrússia, Rússia, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik