21:27 17 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Monumento da Independencia em Kiev, Ucrânia

    Ucrânia corre risco de perder sua soberania

    © Sputnik/ Yevgenia Novozhenina
    Europa
    URL curta
    1875

    Nesta quinta-feira (7), o presidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko, afirmou em sua mensagem anual ao parlamento que a Ucrânia corre o risco de perder sua soberania caso a introdução de reformas seja suspensa.

    "Sem levar as reformas até o fim, corremos o risco de perder a soberania. Mas não acredito neste cenário pessimista e não vou permitir que tal aconteça", afirmou o presidente, apelando à continuação das reformas. 

    Em particular, de acordo com ele, é preciso "dar um segundo fôlego ao combate à corrupção".

    O presidente ressaltou que em 2019 na Ucrânia serão realizadas as eleições presidenciais e que resta um ano para o governo se focar nas reformas.

    Por sua vez, um dos chefes do "Bloco da Oposição" no parlamento ucraniano, Yuri Boiko, acredita que as reformas iniciadas pelo governo na área da educação, medicina, previdência e agraria levarão ao empobrecimento total da população. Segundo ele, as reformas do governo falharam. 

    "Os resultados feéricos das reformas anteriores foram sentidas em todas as dimensões pela população: tiroteios diários nas ruas, homicídios e violência. O aumento dos impostos e o desequilíbrio total de todo sistema energético constatam o fracasso das reformas na área energética. A queda recorde do PIB, a redução da economia e a falha do sistema bancário são proezas dos reformadores da econômica e de seus tutores do FMI", ressaltou Boiko.

    Mais:

    Mídia: criador de porta-aviões soviéticos se muda da Ucrânia para China
    Ucrânia: políticos que forem à Rússia podem ser criminalizados pelo Serviço de Segurança
    Ucrânia: Rússia participa de treinos militares para ocupar territórios alheios
    Tags:
    reformas, soberania, Yuri Boiko, Pyotr Poroshenko, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik