07:25 14 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Manifestantes criam barricadas enquanto se reúnem contra o governo do presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, em Caracas, Venezuela, 4 de agosto de 2017.

    União Europeia pode introduzir sanções contra autoridades da Venezuela

    © REUTERS / Marco Bello
    Europa
    URL curta
    706
    Nos siga no

    Chanceler alemã, Angela Merkel, não descartou a possibilidade de a União Europeia poder introduzir sanções em relação às autoridades venezuelanas.

    Caso as autoridades do país recusem procurar uma solução pacífica do conflito com a oposição, a União Europeia pode considerar a introdução de sanções, informa o comunicado do governo da Alemanha.

    Mais cedo, em Berlim foi realizado um encontro de Merkel com representantes da Assembleia Nacional da Venezuela.

    "A chanceler confirmou o apoio ao povo venezuelano e às forças democráticas na busca de uma solução não violenta, pacífica e construtiva para o conflito. Ela também não descartou a introdução de sanções por parte da UE", diz o comunicado.

    Acrescenta-se que o governo federal continua apelando ao governo de Maduro para voltar à mesa de negociações e se comprometer a realizar um diálogo nacional.

    Mais:

    Opositora de Maduro é impedida de deixar a Venezuela
    Venezuela: Constituinte vai processar opositores por traição
    Maduro: haverá eleições em 2018, mesmo que 'Trump venha vestido de fuzileiro naval'
    Tags:
    oposição, sanções, União Europeia, Angela Merkel, Nicolás Maduro, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar