18:28 04 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    323
    Nos siga no

    Depois de duas corredoras serem brutalmente abusadas em um dos parques da cidade de Leipzig, o Departamento de Polícia alemão foi alvo de uma chuva de críticas de aconselhar as mulheres a se exercitarem em grupo.

    Na manhã de sexta-feira, uma mulher de 50 anos foi atacada enquanto caminhava pelo popular Parque Rosental no centro de Leipzig por um homem entre "25 a 35 anos, com cabelos escuros, barba curta e descuidada". O atacante arrastou a vítima de um caminho e a estuprou ao mesmo tempo em que bateu na mulher com tanta força que ela teve que passar por uma cirurgia de emergência no rosto.

    O suspeito permanece em liberdade. As autoridades também estão investigando se o homem está vinculado a outros dois assaltos sexuais ocorridos na mesma área recentemente.

    Em resposta ao ataque, um porta-voz da polícia de Leipzig disse ao jornal local da cidade que "seria melhor se as mulheres corressem em pares ou pelo menos que se certificassem de que há sempre alguém ao redor".

    Além disso, ele exortou as mulheres a serem mais cautelosas e sempre olham para trás quando passaram por alguém para se certificar de que não estão prestes a serem atacadas.

    As mídias sociais explodiram com usuários enfurecidos criticando a reação policial ao incidente. Muitos disseram que acharam ridículo que as mulheres fossem convidadas a se adaptassem a condições perigosas, em vez de garantir que elas sejam protegidas.

    O prefeito de Leipzig, Burkhard Jung, criticou a polícia dizendo que "a resposta do estado a este terrível incidente e a anteriores incidentes deve colocar mais policiais nas ruas e nos parques".

    "Todos queremos viver numa cidade em que é evidente que as mulheres podem correr sozinhas no parque, uma cidade na qual todos estão seguros", disse ele ao jornal alemão Bild. "Nós claramente precisamos de uma força policial mais visível para isso".

    Jung havia avisado antes do incidente que, enquanto sua cidade cresceu em 100.000 cidadãos na última década, a força policial de Leipzig encolheu pelo menos 200 oficiais.

    Tags:
    Parque Rosental, Polícia da Alemanha, Bild, Burkhard Jung, Leipzig, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar