02:17 23 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    924
    Nos siga no

    A Secretaria-Geral do Conselho da Europa manifestou nesta quinta-feira o desejo de ver a Rússia como membro completo do órgão, apesar das recentes tensões.

    "As relações atuais com a Rússia devem partir da premissa de que a Federação da Rússia é, e deve permanecer sendo, um membro completo do Conselho da Europa, com todos os direitos e obrigações dos associados. O direito dos indivíduos de apelar para a Corte Europeia de Direitos Humanos é tão importante para os russos como é para os cidadãos de todos os outros Estados-membros do Conselho da Europa", afirmou o porta-voz do secretário Thorbjorn Jagland em nota.

    No final de junho, o Ministério das Relações Exteriores da Rússia anunciou a decisão de Moscou de suspender sua contribuição para o orçamento de 2017 do Conselho, em resposta à retirada de direitos da delegação russa na instituição, como parte das sanções ocidentais ligadas à crise ucraniana.

    A Rússia é um dos principais contribuidores, ao lado de França, Reino Unido, Alemanha e Itália, para o orçamento do Conselho da Europa. Neste ano, o país deveria pagar pouco mais de 33 milhões de euros.

    Mais:

    Rússia assina protocolo contra terrorismo, mas mantém corte de verba ao Conselho da Europa
    Delegação russa não vai à Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa
    Tags:
    Conselho da Europa, Thorbjorn Jagland, Ucrânia, Europa, Moscou, Itália, Reino Unido, Alemanha, Estrasburgo, França, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar