17:39 15 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Dados secretos

    Mídia: inteligência britânica está buscando profissional que domine idioma russo

    © CC0 / peterbwiberg
    Europa
    URL curta
    100
    Nos siga no

    O Serviço Aéreo Especial (Special Air Service, SAS, sigla em inglês) está tentando encontrar um especialista que tenha conhecimentos excelentes da língua russa e experiência de trabalho em serviços de inteligência, informa o jornal britânico Daily Mirror.

    Segundo indica o jornal, o SAS está precisando de um funcionário para fazer "análise e traduções de materiais completamente secretos".

    Além disso, destaca-se que após uma entrevista bem-sucedida, o candidato empregado poderá vir a receber um salário anual de 44 mil libras esterlinas (R$ 180.223 mil) e grau de sargento.

    Vale destacar que o Exército do Reino Unido enfrenta problemas com contingente.

    "Todos sabem que há problemas quanto ao recrutamento de novos funcionários, é difícil mantê-los no cargo. Por esta razão a lista de vagas mostra que a escolha é grande", o jornal cita as palavras de uma fonte do Ministério da Defesa britânico que preferiu manter o anonimato.

    Muitas funções devem ser executadas em território britânico e os salários podem chegar até 77 mil libras esterlinas (R$ 315.390 mil) por ano.

    Mais anteriormente, foi informado que a agência de inteligência britânica MI5 também estaria buscando funcionários que dominam o idioma russo e conhecem a política e história do país em questão.

    Mais:

    Inteligência americana está ‘muito preocupada’ com antivírus russo
    Ex-chefe da inteligência americana: Russos são 'geneticamente propensos' a manipular
    MI5 do Reino Unido divulga segredos sobre espiões soviéticos e agentes duplos
    Equipes de reconhecimento russas 'obtiveram documentos secretos' na Transnístria
    Serviços Secretos do Reino Unido conheciam atacante de Manchester
    Tags:
    trabalho, salário, história, língua russa, especialistas, funcionários, recrutamento, emprego, agências de inteligência, SAS, MI5, Rússia, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar