14:01 16 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Destróier USS Porter da marinha dos EUA (DDG 78) durante uma visita planejada ao porto de Constança, Romênia, 13 de junho de 2016

    Navios norte-americanos chegarão ao mar Báltico nas vésperas de exercícios Zapad 2017

    © REUTERS / US Navy/Mass Communication Specialist 3rd Class Robert S. Price/Handout
    Europa
    URL curta
    Manobras perto da fronteira ocidental da Rússia (36)
    321
    Nos siga no

    A presidente da Lituânia Dalia Grybauskaite declarou, em um encontro com a delegação do Congresso norte-americano, que os navios da Marinha dos EUA chegarão ao mar Báltico no outono devido aos exercícios russo-bielorrussos Zapad 2017.

    "Antes dos próximos exercícios Zapad 2017, os EUA estão cumprindo suas obrigações de proteção da Lituânia. Na Lituânia estão estacionados militares e material bélico da OTAN, a missão de policiamento aéreo da OTAN foi reforçada com caças adicionais. No outono, se espera a chegada de navios militares dos EUA ao mar Báltico", informou o serviço de imprensa da presidente citando Dalia Grybauskaite.

    Os caças norte-americanos aterrissaram na base aérea da Força Aérea da Lituânia em Siauliai. Segundo o ministério, desde 1 de setembro a missão de policiamento aéreo da OTAN sobre os três países bálticos será realizada por militares norte-americanos da base Lakenheath estacionados no Reino Unido. Desde o início de maio, a missão era realizada pela Força Aérea da Polônia.

    Os exercícios conjuntos russo-bielorrussos vão decorrer no período de 14 a 20 de setembro no território da Bielorrússia. Segundo os dados do Ministério da Defesa russo, está planejada a participação de cerca de 12,7 mil militares, 70 aviões e helicópteros, 680 unidades de material bélico, incluindo 250 tanques, 200 peças de artilharia, sistemas de mísseis e morteiros, bem como de 10 navios.

    Anteriormente, o chefe do Estado-Maior General e vice-ministro da Defesa da Bielorrússia, Oleg Belokonev, disse que a reação de alguns países às manobras Zapad 2017 é incompreensível, tomando em conta o aumento das forças da OTAN perto das fronteiras da Bielorrússia e da Rússia.

    O presidente da Bielorrússia, Aleksandr Lukashenko, declarou várias vezes que os observadores estrangeiros são convidados a assistirem aos exercícios Zapad 2017.

    De acordo com o vice-ministro da Defesa da Rússia, general Aleksandr Fomin, os exercícios terão um caráter exclusivamente defensivo, vai ser treinada a luta contra terroristas apoiados do estrangeiro.

    Tema:
    Manobras perto da fronteira ocidental da Rússia (36)

    Mais:

    No Dia da Independência da Ucrânia, soldados da OTAN desfilarão pela rua principal de Kiev
    China mostra que 'apoia Rússia na sua oposição à OTAN'
    Tags:
    defesa, caças, navio, Zapad 2017, Marinha dos EUA, OTAN, Dalia Grybauskaite, Mar Báltico, Lituânia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar