03:38 18 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Representante especial dos EUA para a Ucrânia, Kurt Volker

    Representante dos EUA: Moscou quer 'congelar' situação em Donbass

    CC0
    Europa
    URL curta
    221

    Relações russo-americanas vão "coxear", até que o "problema ucraniano" seja resolvido, afirma representante especial dos EUA para a Ucrânia, Kurt Volker.

    "As relações entre os EUA e a Rússia são importantes, mas o problema ucraniano continua a prejudicá-las", declarou Volker em uma entrevista para o jornal Financial Times.

    Além disso, Volker acredita que a Rússia quer "congelar" a situação em Donbass, neste caso Moscou terá que aceitar o isolamento internacional. "O país poderá se encontrar fora das relações econômicas e diplomáticas, isto não é naturalmente o que a Rússia quer", considera o diplomata americano.

    Ele destacou também que em Washington "está sendo discutida de modo sério" a possibilidade de enviar para Kiev armas de defesa letais. Contudo, o diplomata sublinhou que a última decisão será tomada pelo presidente Trump.

    Anteriormente, em uma entrevista ao canal Pryamoi, Volker destacou que a Ucrânia, em seu estado atual, não está pronta para aderir à OTAN.

    Em abril de 2014 a Ucrânia iniciou uma operação contra as milícias no leste de seu território, onde, em resposta à violenta mudança de governo ocorrida em Kiev em fevereiro do mesmo ano, foram proclamadas as chamadas repúblicas populares de Donetsk e Lugansk. Os acordos de Minsk, assinados em setembro de 2014 e fevereiro de 2015, lançaram as bases para uma solução política do conflito, mas não têm permitido, até agora, a cessação da violência, cujo resultado a ONU estima em cerca de 10.100 mortos.

    Moscou rejeita as acusações de estar por trás das hostilidades no leste da Ucrânia, e salienta que não é parte do conflito nem fornece armas, munições ou outra ajuda às milícias de Donetsk e Lugansk. Além disso, a Rússia advertiu várias vezes que os envios de armas para a Ucrânia causarão uma escalada da tensão em Donbass.

    Mais:

    Mattis e Poroshenko conversam sobre envio de armas para 'defender' a Ucrânia
    Jornalista ucraniano comunica que Ucrânia recebe armas letais dos EUA
    Donbass: Ucrânia está se preparando para violar trégua
    Tags:
    isolamento, relações internacionais, OTAN, Kurt Volker, Donbass, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar