18:49 16 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Pyotr Poroshenko, presidente da Ucrânia (foto de arquivo)

    Presidente da Ucrânia pretende reaver Donbass e Crimeia por meios pacíficos

    © Foto: Serviço de imprensa do presidente da Ucrânia
    Europa
    URL curta
    717

    O presidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko, afirmou que Kiev é capaz de resistir a um ataque a suas posições no leste do país, mas continua comprometido com os meios políticos e jurídicos para reaver Donbass e a Crimeia.

    "Nós seguimos os princípios diplomáticos, políticos e jurídicos para reaver o Donbass e a Crimeia", disse nesta quinta-feira (24) Poroshenko perante o desfile militar alusivo ao Dia de Independência da Ucrânia, frisando que, enquanto isso, Kiev é capaz de resistir a um ataque a suas posições em Donbass. 

    O Dia da Independência na Ucrânia é um feriado nacional que se comemora no dia 24 de agosto.

    A península da Crimeia voltou a ser território russo em março de 2014 depois da realização de um referendo, no qual 96,77% de população da Crimeia e 95,6% dos cidadãos de Sevastopol expressaram o seu desejo de aderir à Federação da Rússia. As autoridades da Crimeia realizaram o referendo depois do golpe de Estado na Ucrânia que teve lugar em fevereiro de 2014.

    A Ucrânia considera a península como seu território temporariamente ocupado. 

    Mais:

    McCain exorta Trump a armar a Ucrânia 'em prol da paz'
    Ministros da Defesa da OTAN vão participar do Dia da Independência da Ucrânia
    Ucrânia chama a investigar entrega de tecnologias à Coreia do Norte
    Tags:
    desfile militar, Pyotr Poroshenko, Donbass, Crimeia, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik