07:55 26 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Chanceler da Alemanha Angela Merkel

    Chanceler alemã: Berlim não apoiará automaticamente EUA em caso de guerra com Pyongyang

    © AP Photo/ Michael Sohn
    Europa
    URL curta
    17197794

    Berlim não ficará automaticamente do lado de Washington em caso de conflito armado entre os EUA e a Coreia do Norte, afirmou a chanceler alemã Angela Merkel.

    Merkel disse ao jornal Handelsblatt que ela não vê qualquer possibilidade de resolver a crise norte-coreana via ações militares e as considera absolutamente erradas.

    A chanceler alemã sublinhou que é preciso fazer mais para lidar com o impasse e apelou ao uso de meios diplomáticos.

    A situação na península da Coreia se agravou depois de o presidente norte-americano, Donald Trump, ter ameaçado a Coreia do Norte com "fogo e fúria". Pyongyang disse, por sua vez, que o país está disposto a desenvolver um plano de ataque com mísseis contra as bases militares norte-americanas na ilha de Guam. Ao mesmo tempo, os EUA e a Coreia do Sul começaram manobras conjuntas.

    Das manobras de 10 dias, que estão atualmente em curso, tomam parte 17,5 mil militares norte-americanos e cerca de 50 mil militares sul-coreanos.

    Mais:

    Espionagem aérea: como EUA vigiam Coreia do Norte
    Trump não usará armas nucleares contra Coreia do Norte sem consultar Seul, diz Moon
    Apocalipse nuclear? 5 mitos sobre a ameaça da Coreia do Norte
    Tags:
    relações internacionais, conflito armado, guerra, Angela Merkel, Coreia do Norte, EUA, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik