19:55 14 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    226
    Nos siga no

    Muitos internautas caíram em uma pegadinha de um jornalista italiano, na semana passada, após ele publicar uma foto na qual aparecem o ator norte-americano Samuel L. Jackson e o ex-astro da NBA Earvin 'Magic' Johnson, durante a passagem de ambos pela região de Forte dei Marmi, na Itália.

    Sentados em um banco com bolsas das famosas marcas Louis Vuitton e Prada, as duas personalidades foram retratadas pelo jornalista italiano Luca Bottura, a título de brincadeira, como dois imigrantes que puderam ir a um shopping de luxo graças aos 35 euros que, supostamente, cada italiano contribuí para manter imigrantes no país.

    "Compartilhe essa foto se você está indignado!", provocou o jornalista na postagem.

    Dentre as pessoas que caíram na pegadinha e compartilharam a imagem está a modelo italiana de origem croata Nina Moric. Por conta disso, a postagem irônica acabou sendo curtida e compartilhada milhares de vezes no Facebook.

    Dois dias depois do "experimento" virtual, Bottura resumiu os seus resultados, afirmando que 40% das pessoas "entenderam a provocação"; já 30% ficaram verdadeiramente "indignados"; e 20% pensaram que o próprio jornalista não havia reconhecido os dois astros norte-americanos.

    Não foram poucos também os internautas que classificaram a pegadinha do jornalista como "racista".

    Anteriormente, a foto de Jackson e Johnson havia sido postada nas redes sociais do ex-jogador de basquete do Los Angeles Lakers, time da NBA.

    Mais:

    Tensão na UE: Itália sobe o tom contra 'ameaças' de vizinhos sobre refugiados
    Lava Jato x Mãos Limpas: Brasil conseguirá lavar a corrupção que resistiu na Itália?
    Tensão na Europa: Controle migratório faz Áustria e Itália colocarem tropas na fronteira
    Tags:
    pegadinha, racismo, crise migratória, imigrantes, Nina Moric, Luca Bottura, Magic Johnson, Samuel L. Jackson, Forte dei Marmi, Itália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar