07:03 16 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    O tanque norte-americano Abrams dispara do seu canhão principal durante as manobras em Noruega, em 18 de fevereiro de 2016

    Opinião: Noruega está intensificando ativamente 'armaduras' da OTAN

    © flickr.com/ U.S. Department of Defense Current Photos
    Europa
    URL curta
    211

    Militarização da Escandinávia é preocupante, escrevem as mídias. O especialista militar, Viktor Baranets, falou para o serviço russo da Rádio Sputnik que a Noruega, em particular, está se tornando o "pátio" da OTAN no norte, o que, por sua vez, é alarmante.

    De acordo com a edição norueguesa Steigan blogger, a militarização da Escandinávia é preocupante. O autor do artigo acredita que o país pode virar um campo de operações militares.

    Por exemplo, na maior base aérea da Noruega, em Erland, serão instalados 56 aviões F-35 de fabricação norte-americana, que poderiam vir a ser usados para realizar ataques com armas nucleares sobre o território da Rússia. Além disso, as autoridades da Noruega anunciaram ter prolongado a permanência dos fuzileiros navais norte-americanos no país por mais um ano, o que contradiz as tradições da política norueguesa de proibição da instalação no país de bases militares estrangeiras em tempos de paz. No artigo, é destacado que a Noruega vai participar do sistema de defesa da OTAN de mísseis balísticos com seu radar Globus II/III na ilha Vardeya, perto da fronteira com a Rússia.

    "A política militar da Noruega, juntamente com as sanções impostas contra a Rússia, dificilmente pode ser percebida pelos russos como um convite para melhoria das relações entre os vizinhos […] Muitos têm medo que estejamos indo em direção a uma nova guerra fria, outros avisam que o trajeto rumo ao confronto com a Rússia pode levar não apenas à guerra fria, mas a um conflito militar."

    Para o serviço russo da Rádio Sputnik, o coronel aposentado, Viktor Baranets, afirmou que os planos militares da Noruega não poderiam não causar preocupação.

    "Claro que a Rússia fica preocupada, porque a Noruega, de fato, é nosso vizinho. Nos últimos anos, o país tem intensificado as ‘armaduras’ da OTAN. Contam com um grupo militar estadunidense, fuzileiros navais, e também, com um radar que fica praticamente à vista da base naval da Rússia. Além disso, há outras instalações militares da OTAN. Hoje em dia, podemos classificar a Noruega como 'pátio' da OTAN no norte […] O país, antes conhecido como "vizinho pacífico", agora está se tornando um 'urso com dentes norte-americanos'. Claro que estas ações não provocam a benevolência da Rússia, porém, não provocam pânico também, apenas faz com que sejam corrigidos os planos de aplicação militar das tropas [russas]", concluiu Viktor Baranets.

    Mais:

    Ministro da Defesa da Suécia apoia desenvolvimento militar sem OTAN
    Tropas da OTAN na Polônia não representam ameaça para Moscou, diz chanceler polonês
    No Dia da Independência da Ucrânia, soldados da OTAN desfilarão pela rua principal de Kiev
    Tags:
    militarização, armadura, ameaça, OTAN, Noruega
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik