08:21 25 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Proximidades da Ponte de Londres

    Autor de atentado com ácido no Reino Unido é um adolescente de 16 anos

    © Foto : CHRIS J RATCLIFFE / AFP
    Europa
    URL curta
    0 0 0

    A polícia metropolitana do Reino Unido prendeu e acusou um adolescente de 16 anos com 15 acusações em cinco ataques de ácido que ocorreram em Londres na quinta-feira, diz o comunicado.

    "Detetives que investigam cinco ataques de ácido ligados no norte e leste de Londres nesta noite, sábado, 15 de julho, acusaram um adolescente com 15 acusações", disse a polícia no comunicado no final do sábado.

    O adolescente foi acusado três vezes por roubo e quatro por tentativa de roubo, uma por posse um item para descarregar substância nociva, bem como cinco acusações de tentativa de dano corporal grave com intenção.

    O preso deve comparecer no tribunal na segunda-feira, enquanto a investigação continuará, observou a polícia.

    "No início de hoje, um menino de 15 anos [B] que foi preso em um endereço em Stoke Newington, na manhã de sexta-feira, 14 de julho, também sob suspeita de danos corporais graves e roubo foi liberado sob fiança até uma data no início de agosto".

    Um total de cinco ataques com uso de ácido ocorreram na noite de quinta-feira na parte leste de Londres. A primeira vítima foi o motorista de uma moto, quando dois homens desconhecidos pulverizaram ácido em seu rosto e mais tarde roubaram o veículo da vítima. O homem está hospitalizada. Quatro outros também foram feridos nos ataques com um uso de ácido na quinta-feira, um deles recebeu queimaduras graves.

    Mais:

    Todos os detidos pelo atentado de Londres foram soltos sem acusações
    Departamento de Segurança Nacional dos EUA nega risco de atentado após ataque em Londres
    Trump usa atentado em Londres para defender banimento de viajantes nos EUA
    Atentado terrorista em Ponte de Londres deixa mortos e feridos (FOTOS, VÍDEOS)
    Tags:
    Polícia Metropolitana, Stoke Newington, Londres, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik