00:40 27 Maio 2018
Ouvir Rádio
    240 soldados da Bundeswehr alemão partem para a Turquia com a missão patriota

    Explode o número de casos de abuso nas Forças Armadas alemãs

    © AFP 2018 / KAY NIETFELD GERMANY OUT
    Europa
    URL curta
    716

    O número de queixas de abuso sexual, extremismo de direita e má conduta de superiores nas Forças Armadas alemãs aumentaram significativamente, reconheceu o Ministério da Defesa local neste sábado (15).

    Até o momento, são 56 casos de superiores maltratando subordinados, mais que o dobro do ano passado. Em 2016, foram 128 casos de abuso sexual — e este número já foi quase igualado pelas estatísticas deste ano, até o momento foram 127 casos. Já o levantamento de extremismo de direita atingiu a cifra de 96 acontecimentos, contra 63 casos em todo ano de 2016. Os dados são do Rheinische Post.

    Os militares disseram que os números são resultado de uma maior sensibilidade ao abuso.

    "É um bom sinal de que a sensibilidade dentro das tropas para tais incidentes, depois de discutirmos publicamente o assunto na primavera, aumentou consideravelmente", disse uma porta-voz do Ministério da Defesa ao Rheinische Post.

    A ministra da Defesa alemã, Ursula von der Leyen, foi pressionada no início deste ano depois que uma série de escândalos ofuscou seus esforços para apresentar uma visão mais modernizada das Forças Armadas alemãs, conhecidas como Bundeswehr.

    Em maio, foi divulgado que, apesar da ciência dos seus superiores de suas visões de extrema direita, um soldado alemão serviu durante vários anos na Bundeswehr. Ele acabou preso por suspeita de terrorismo e havia preparado uma lista de alvos terroristas.

    Há, ainda, dois casos que chamaram a atenção do público. O primeiro ocorreu na cidade de Sondershausen, quando superiores chamaram recrutas de "desperdício genético"; já o segundo caso envolve abuso sexual nas unidades especializadas em combates em montanhas do exército alemão.

    Mais:

    Extremismo de esquerda cresce na Alemanha
    Alemanha se apressa para dar fim ao programa nuclear iraniano
    Alemanha e França anunciam 'nova geração' de jatos Eurofighter
    Mídia: Alemanha começa a retirar suas tropas da base turca de Incirlik
    Putin critica 'russofobia' da Ucrânia e desmente interferência nas eleições da Alemanha
    Encontro entre líderes de Rússia, Alemanha e França dá fôlego à solução da crise ucraniana
    Tags:
    Ministério da Defesa da Alemanha, Bundeswehr, Ursula von der Leyen
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik