10:15 23 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Exército ucraniano em Donbass

    Kiev admite não possuir prova alguma da presença militar russa em Donbass

    © AFP 2019 / Sergey Polezhaka
    Europa
    URL curta
    642
    Nos siga no

    O vice-ministro dos Assuntos dos Territórios Ocupados da Ucrânia, George Tuka, reconheceu que atualmente Kiev não dispõe de provas jurídicas quanto à instalação de tropas russas em Donbass.

    "Até hoje não podemos, apesar de todos nossos esforços, fornecer provas jurídicas da presença do exército regular russo em Donbass", declarou o vice-ministro ucraniano à edição Apostrof.

    "Vivenciamos centenas de desesperos todos os dias. Mas isso não nos ajuda a resolver esse assunto. São apenas coisas completamente emocionais. Somente deputados podem fazê-lo na tentativa de ganhar votos dos eleitores. Enganando-os. Manipulando-os", adicionou.

    Na segunda-feira (17), acontecerá a reunião do Conselho de Segurança Nacional e Defesa da Ucrânia, onde deve ser discutida a questão de reintegração de Donbass.

    A regularização do conflito em Donbass está sendo discutida também no decurso de encontros do grupo de contato em Minsk que, desde setembro de 2014, assinou três documentos estabelecendo os passos para a desescalada da crise. Entretanto, mesmo após os acordos de cessar-fogo, continuam os tiroteios entre as partes em conflito.

    Mais:

    Poroshenko: EUA se comprometeram a aumentar envolvimento na crise de Donbass
    Grupo de Contato para Ucrânia chega a novo acordo de cessar-fogo em Donbass
    Donetsk: reintegração de Donbass à Ucrânia levará a um conflito aberto
    Conselheiro do ministro da Defesa da Ucrânia anuncia 'libertação' próxima de Donbass
    Tags:
    interferência estrangeira, territórios ocupados, reintegração, tropas, Exército da Rússia, Georgy Tuka, Rússia, Donbass, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar