09:51 18 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Bandeiras dos países da UE exibidas no Palácio de Bratislava, Eslováquia, durante a cúpula da União Europeia, 16 de setembro de 2016

    Na Europa, maioria dos cidadãos acha possível novas saídas da UE

    © REUTERS/ YVES HERMAN
    Europa
    URL curta
    Sputnik-Opinião (21)
    161660

    Há 1 ano, no Reino Unido foi realizado o referendo sobre a saída do país da União Europeia. Para muitos, até para os próprios britânicos, o resultado foi chocante, levando muitos a falarem sobre a crise da UE. Confira a enquete da Sputnik-Opinião para saber o que os cidadãos europeus acham sobre possibilidade de saída dos outros países.

    Nas vésperas do aniversário do chamado Brexit, a empresa francesa IFop, junto com a agência Sputnik, realizou uma pesquisa para saber se os cidadãos dos países europeus consideram possível a futura desintegração do bloco e, caso afirmativo, quantos países poderão deixar a União Europeia.

    De acordo com os resultados da pesquisa, quase metade dos franceses e mais de metade dos cidadãos nos outros países consideram que um ou vários países sairão da União Europeia nos próximos anos. Uma parte significativa da população acredita que, em um futuro próximo, vários países abandonarão a UE.

    No âmbito da enquete, foram entrevistados residentes de quatro países: Reino Unido, Itália, França e Alemanha. Os britânicos foram os mais céticos em relação ao futuro da UE — 55% dos respondentes afirmaram estar certos de que não seria só um país a sair da UE no futuro próximo. A mesma coisa pensam 50% dos italianos, 42% dos franceses e 39% dos alemães.

    Na Europa, maioria dos cidadãos acha possível novas saídas da UE
    © Sputnik/
    Na Europa, maioria dos cidadãos acha possível novas saídas da UE

    Falando dos "otimistas", estes foram pouco numerosos, especialmente no Reino Unido. Um terço de franceses (33%) e italianos (32%), 39% dos alemães e apenas 18% dos britânicos acreditam que nenhum país sairá da UE.

    A enquete foi realizada pela mais antiga empresa de opinião pública francesa, a IFop, entre 21 e 25 de abril na França, Alemanha, Itália e Reino Unido. A pesquisa contou com a participação de 3.203 respondentes maiores de 18 anos. A amostra é representativa da população por gênero, idade e localização geográfica. A margem de erro da pesquisa é de 3,1 pontos percentuais, para mais ou para menos, com um nível de confiança de 95%.

    O que é o Sputnik-Opinião?

    É um projeto internacional de estudo da opinião pública que foi posto em prática a partir de janeiro de 2015. As conhecidas empresas Populus, Forsa e IFop são parceiras do projeto. No quadro da Sputnik-Opinião são realizadas regularmente pesquisas em vários países da Europa e dos EUA sobre os temas sociais e políticos de maior atualidade.

    A Sputnik é uma agência de notícias e rádio com representações e redações multimídia em dezenas de países. A Sputnik inclui sites (34 ao todo), emissões rádio analógicas e digitais, aplicativos para celular e páginas nas redes sociais. As feeds de notícias da Sputnik aparecem 24 horas em inglês, árabe, espanhol e chinês.

    Conheça outras enquetes da Sputnik-Opinião

    Tema:
    Sputnik-Opinião (21)

    Mais:

    Por que o Brexit e a aliança de May podem reabrir velhas feridas na Irlanda?
    Na mira da Espanha: o que será de Gibraltar após o Brexit?
    Rússia alerta para 'desintegração' da Europa após Brexit
    Tags:
    enquete, desintegração, saída, Brexit, União Europeia, Europa, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik